Contra desmatamento, ONG norueguesa defende fiscalização na compra de produtos brasileiros

A Rainforest Foundation, que atua pela proteção de florestas tropicais, apontou o Brasil como exemplo de desmatamento e faz uma campanha para que fornecedores fiscalizem os produtos comprados do Brasil, certificando-se de que não são fruto de produtores que desmatam

247 - A ONG norueguesa Rainforest Foundation, que atua pela proteção de florestas tropicais, apontou o Brasil como exemplo de desmatamento e faz uma campanha para que fornecedores fiscalizem os produtos comprados do Brasil, certificando-se de que não são fruto de produtores que desmatam.

Inicialmente, o 247 noticiou que a ONG anunciou um boicote contra produtos brasileiros, com base em nota publicada pelo colunista Lauro Jardim, mas a entidade informou ao site que não defende esta ação, apenas a fiscalização na compra de produtos brasileiros, para que não tenham o desmatamento ilegal como origem.

Duas redes de mercado já aderiram à campanha: a Coop, uma das maiores do país, está trabalhando com as filiais na Suécia, Dinamarca e Finlândia para estabelecer uma política para a soja com o objetivo de reduzir o seu consumo e garantir cadeias de produção livres de desmatamento.

Representantes da entidade informam que tem conversando com os mercados e a indústria e que ambos estão cientes da importância de fiscalizar seus fornecedores. Além disso, a ONG defende que os importadores noruegueses exijam que toda a cadeia produtiva dos fornecedores seja livre de desmatamento, não só a parcela vendida para a Noruega.

"As redes de mercado devem dar um sinal claro publicamente que o desmatamento no Brasil é uma situação inaceitável. É responsabilidade dos mercados o que é vendido em suas lojas", disse o o chefe da campanha contra o desmatamento da ONG.

Conheça a TV 247

Mais de Mundo

Ao vivo na TV 247 Youtube 247