Parlamentar britânica é presa após admitir que viajou de trem com covid-19

A atitude da parlamentar causou um escândalo político no Reino Unido. Ela enfrentou grande pressão para renunciar e, em outubro, foi suspensa pelo partido Partido Nacional Escocês

Margaret Ferrier
Margaret Ferrier (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A parlamentar britânica Margaret Ferrier foi presa ontem depois de admitir que usou o transporte público enquanto estava sabidamente infectada com o novo coronavírus, informaram veículos de imprensa locais. A reportagem é do portal UOL. 

Mesmo sabendo que estava infectada, a parlamentar ignorou o fato e resolveu viajar de trem em setembro de Londres a Glasgow, na Escócia. 

Segundo o jornal The Guardian, a polícia metropolitana de Londres investigou o caso, mas concluiu que nenhum crime havia ocorrido de acordo com as leis em vigor naquele dia.

As autoridades inglesas, no entanto, levaram o caso à Escócia. Segundo veículos locais, a polícia informou que Ferrier foi acusada de "suposta conduta culposa e imprudente".

Após muita pressão social, ela foi suspensa do partido Partido Nacional Escocês.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email