Primeiro-ministro da Irlanda pede ao papa justiça a vítimas de abusos

O primeiro-ministro irlandês, Leo Varadkar, fez um apelo para que as "vítimas e os sobreviventes obtenham justiça, verdade e cura"; desde 2002, mais de 14.500 pessoas se declararam vítimas de abusos sexuais cometidos por padres no país europeu

Primeiro-ministro da Irlanda pede ao papa justiça a vítimas de abusos
Primeiro-ministro da Irlanda pede ao papa justiça a vítimas de abusos (Foto: Niall Carson/Pool via REUTERS)

247 - O primeiro-ministro irlandês, Leo Varadkar, pediu neste sábado (25) ao papa Francisco que se faça "justiça" às vítimas de abusos cometidos por membros do clero, enquanto o pontífice reconheceu sua "vergonha" por esses crimes. Desde 2002, mais de 14.500 pessoas se declararam vítimas de abusos sexuais cometidos por padres no país europeu.

Varadkar, que é homossexual e símbolo de uma nova Irlanda liberal, fez um apelo para que as "vítimas e os sobreviventes obtenham justiça, verdade e cura". "Santo Padre, peço que use sua posição e influência para conseguir este feito aqui na Irlanda e em todo o mundo", clamou ao lado do pontífice.

"Devemos garantir que as palavras sejam seguidas de ações"; "É uma história triste e vergonhosa, uma mancha em nosso Estado, nossa sociedade e na Igreja Católica", afirmou Varadkar.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247