Putin diz que reagirá de forma adequada a sanções do EUA

Porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, disse que o presidente russo, Vladmir Putin, irá determinar uma resposta adequada às sanções anunciadas hoje pelos EUA, acrescentando que a medida russa deixará Washington "desconfortável"; governo Barack Obama anunciou sanções a indivíduos e organizações da Rússia de alguma forma envolvidos em uma suposta tentativa de interferir, através de ataques cibernéticos, na eleição presidencial norte-americana; Casa Branca também decidiu expulsar 35 diplomatas russos dos EUA

Presidente russo, Vladimir Putin, durante sua coletiva de imprensa anual de fim de ano, em Moscou. 18/12/2014. REUTERS/Maxim Zmeyev
Presidente russo, Vladimir Putin, durante sua coletiva de imprensa anual de fim de ano, em Moscou. 18/12/2014. REUTERS/Maxim Zmeyev (Foto: Paulo Emílio)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Sputnik - O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, disse na noite desta quinta-feira que o presidente russo, Vladmir Putin, irá determinar uma resposta adequada às sanções anunciadas hoje pelos EUA, acrescentando que a medida russa deixará Washington "desconfortável".

Mais cedo, o governo de Barack Obama anunciou a imposição de sanções a indivíduos e organizações da Rússia de alguma forma envolvidos em uma suposta tentativa de interferir, através de ataques cibernéticos, na eleição presidencial norte-americana, realizada em novembro.

Além disso, a Casa Branca também decidiu expulsar 35 diplomatas russos dos EUA, informando que eles terão no máximo 72 horas para deixar o país.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email