Recomeça em Israel julgamento de Netanyahu por corrupção

É a terceira vez que o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu senta no banco desde o início do julgamento, em maio de 2020

Benjamin Netanyahu
Benjamin Netanyahu
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, compareceu nesta segunda-feira (5) ao Tribunal Distrital de Jerusalém na retomada do julgamento por corrupção.

É a terceira vez que Netanyahu senta no banco dos réus desde o início do julgamento em maio de 2020 e, desde a fase de prova, ele terá que fazê-lo, em princípio, três vezes por semana.

Os juízes convocaram Netanyahu ao tribunal para declarações preliminares do Ministério Público, uma nova etapa no primeiro julgamento de um chefe de governo israelense na história do país.

De acordo com a mídia local, Netanyahu esteve presente durante a declaração de abertura do promotor, Liat Ben-Ari, e pode estar ausente no início das declarações das testemunhas.

Netanyahu está implicado nos casos conhecidos como 1000, 2000 e 4000, que o implicam em receber presentes em troca de favores e supostos acordos para receber cobertura positiva da mídia sobre ele e sua família.

A polícia isolou os arredores do tribunal, onde dezenas de manifestantes se reuniram com bandeiras israelenses e pediram a renúncia de Netanyahu, informa a Telesul

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email