Trump faz pronunciamento sem se referir ao impeachment

Trump fala após a aprovação do segundo julgamento de impeachment contra ele na Câmara dos Representantes dos Estados Unidos, conclamou a população a "superar as paixões do momento" e não mencionou o impeachment

Donald Trump
Donald Trump (Foto: Brasil 247)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A conta da Casa Branca no Twitter divulgou um discurso de Donald Trump na quarta-feira (13) , no qual o presidente dos EUA condenou a violência ocorrida durante o ataque ao Capitólio dos EUA na semana passada e pediu a todos os americanos que "superassem as paixões do momento", informa a RT.

"Quero ser muito claro: condeno inequivocamente a violência que vimos na semana passada. A violência e o vandalismo não têm absolutamente nenhum lugar em nosso país e em nosso movimento", declarou Trump, acrescentando que "nenhum verdadeiro apoiador" seu "poderia apoiar a violência política".

Neste contexto, Trump prometeu que todas as pessoas que participaram do ataque "serão levadas à justiça", enquanto pediu "para pensar em formas de aliviar tensões, acalmar temperamentos e ajudar a promover a paz em nosso país."

O presidente observou que mais manifestações estão supostamente planejadas para as vésperas e o dia da posse de Joe Biden e repetiu seu apelo para prevenir a violência, o vandalismo e a violação da lei. “Ordenei às agências federais que usem todos os recursos necessários para manter a ordem”, disse ele.

Da mesma forma, o presidente, cujas contas em redes sociais como Twitter, Facebook e YouTube foram recentemente bloqueadas, falou sobre "o ataque sem precedentes à liberdade de expressão". "Os esforços para censurar, cancelar e colocar na lista negra nossos concidadãos são errados e perigosos", disse ele. "O que precisamos agora é ouvir um ao outro, não silenciar um ao outro", enfatizou.

Este é o primeiro comentário do presidente cessante depois que nesta quarta-feira a Câmara dos Representantes dos EUA votou a favor do impeachment, por "incitar a insurreição". No entanto, Trump não mencionou o processo promovido pela Câmara em seu discurso.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247