Anastasia define rito sumário para o golpe

Recém-eleito relator da comissão especial do impeachment da presidente Dilma Rousseff no Senado, o senador Antônio Anastasia (PSDB-MG), braço direito do senador Aécio Neves (PSDB-MG), definiu um rito praticamente sumário para o processo; ele apresentará seu relatório sobre o acaso no próximo dia 4; expectativa no Senado é de que o relatório de Anastasia seja submetido ao plenário da Casa no dia 11; como deve ser pela admissibilidade, se aprovado por maioria simples dos senadores (41 de 81), Dilma será afastada da Presidência da República por 180 dias

Recém-eleito relator da comissão especial do impeachment da presidente Dilma Rousseff no Senado, o senador Antônio Anastasia (PSDB-MG), braço direito do senador Aécio Neves (PSDB-MG), definiu um rito praticamente sumário para o processo; ele apresentará seu relatório sobre o acaso no próximo dia 4; expectativa no Senado é de que o relatório de Anastasia seja submetido ao plenário da Casa no dia 11; como deve ser pela admissibilidade, se aprovado por maioria simples dos senadores (41 de 81), Dilma será afastada da Presidência da República por 180 dias
Recém-eleito relator da comissão especial do impeachment da presidente Dilma Rousseff no Senado, o senador Antônio Anastasia (PSDB-MG), braço direito do senador Aécio Neves (PSDB-MG), definiu um rito praticamente sumário para o processo; ele apresentará seu relatório sobre o acaso no próximo dia 4; expectativa no Senado é de que o relatório de Anastasia seja submetido ao plenário da Casa no dia 11; como deve ser pela admissibilidade, se aprovado por maioria simples dos senadores (41 de 81), Dilma será afastada da Presidência da República por 180 dias (Foto: Aquiles Lins)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Recém-eleito relator da comissão especial do impeachment da presidente Dilma Rousseff no Senado, o senador Antônio Anastasia (PSDB-MG), braço direito do senador Aécio Neves (PSDB-MG), definiu um rito praticamente sumário para o processo. 

Ele apresentará seu relatório sobre o acaso no próximo dia 4. No dia seguinte à entrega do relatório, a defesa de Dilma, que deve ser feita pelo advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo, irá se manifestar e no mesmo dia, os integrantes da comissão já devem começar a discutir o parecer.

Já nesta quarta-feira, 27, a comissão deve debater requerimentos apresentados pelos parlamentares. Na quinta, 28, os juristas Miguel Reale Jr., Hélio Bicudo e Janaina Paschoal explicarão os motivos que os levaram a pedir o afastamento da presidente Dilma.

A expectativa no Senado é de que o relatório de Anastasia seja submetido ao plenário principal da Casa no dia 11 de maio. Caso o relatório da comissão seja favorável à instauração do processo e seja aprovado por maioria simples dos senadores (41 de 81), Dilma será afastada da Presidência da República por 180 dias. Nesta hipótese, o vice-presidente Michel Temer assumirá o comando do Palácio do Planalto.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email