Após prisão de Queiroz, Bolsonaro foge da imprensa e de apoiadores

Após a prisão de Fabício Queiroz, Jair Bolsonaro frustrou os apoiadores que o aguardavam na saída do Palácio da Alvorada e, diferente do habitual, não parou para conversar, fugindo também da imprensa que o aguardava no local

Presidente Jair Bolsonaro em Brasília 09/06/2020

247- Jair Bolsonaro (sem partido) frustrou os apoiadores que o aguardavam na saída do Palácio da Alvorada e, diferente do habitual, não parou para conversar. Nos últimos dias, o chefe do Executivo não deu entrevistas à imprensa pela manhã, mas manteve a rotina de atender a questionamentos de apoiadores que eram transmitidas em canais de Youtube. A informação é do portal UOL. 

O silêncio de Bolsonaro ocorre no dia em que Fabrício Queiroz, ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), foi preso em Atibaia (São Paulo) durante a Operação Anjo. O MP-RJ (Ministério Público do Rio) também cumpriu na manhã de hoje um mandado de busca e apreensão em um imóvel ligado ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido), em Bento Ribeiro, na zona norte do Rio

CONTINUA DEPOIS DAS RECOMENDAÇÕES

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.