Bilionário da Friboi avança na política de Goiás

Jos Batista Jnior j percorre o Estado depois de ser barrado pelo governador Marconi Perilo; plano tornar Gois o maior centro de agronegcios do mundo; hoje inaugura sede do PSB em Goinia com presena de Eduardo Campos (PE)

Bilionário da Friboi avança na política de Goiás
Bilionário da Friboi avança na política de Goiás (Foto: DIVULGAÇÃO)

Vassil Oliveira _247 - Acostumado a oferecer um boi para ajudar candidatos em Goiás, ele agora está pronto para entrar com uma boiada para ser candidato a governador do Estado em 2014. De boa conversa, fala sossegada, paciência para ouvir e sempre com um sorriso obsequioso para o interlocutor, José Batista Júnior, o Júnior do Friboi, troca os bastidores da política estadual pelos holofotes com passos calculados e firmes. Ele entrou no jogo político e não está para brincadeiras. Prova é a inauguração, com pompa e circunstância, da nova sede do PSB em Goiânia, o partido pelo qual o empresário é desde já candidato. Entre as presenças confirmadas está o presidente nacional da legenda, governador Eduardo Campos (PE).

Com agenda em todo o Estado, onde tem contato permanente com o povo das cidades e do campo, o empresário tem duas convicções, uma política, outra econômica. De um lado, a avaliação, sustentada em pesquisas amplas e frequentes, de que existe um vácuo de liderança na oposição ao governador Marconi Perillo (PSDB). De outro, a certeza de que tem experiência acumulada e conhecimento estratégico maduro para liderar Goiás na busca pelo protagonismo nos negócios no mundo, o que, na sua visão, é fundamental para desenvolver o Estado e garantir mais qualidade de vida para a população.

Marconi Perillo foi eleito pela terceira vez em 2010 enfrentando o mesmo candidato que lhe deu uma histórica vitória na primeira vez que se elegeu, em 1998: Iris Rezende (PMDB). E é Iris, ainda, teoricamente o nome mais forte para 2014.

Júnior do Friboi quer mudar isso, e vem se apresentando como alternativa em uma calculada peregrinação pelos municípios goianos. Curioso é que ele sempre se apresentou como amigo tanto de Marconi quanto de Iris. De fato, ele há muito é mais que um amigo para os dois.

Nos últimos anos, Júnior do Friboi até tentou se viabilizar como candidato a governador pregando a união entre Marconi e Iris. Fez isso depois de ouvir de ambos que, caso ele se viabilizasse como candidato ao governo, por exemplo, se afastariam imediatamente, deixando-lhe campo livre. Júnior acreditou e discursou: seria candidato para unir os velhos rivais.

A realidade, porém, foi outra. Na medida em que Júnior conversava e se apresentava como candidato único, Marconi e Iris colocavam pedras em seu caminho, a ponto de inviabilizar suas pretensões. Resignado, e tomado ao mesmo tempo pela necessária dedicação à vertiginosa expansão dos negócios de sua família – a internacionalização da JBS –, o empresário recolheu-se. Voltou aos bastidores. Na campanha passada, ajudou tanto o tucano quanto o peemedebista. Mas fez isso sem alarde.

Agora, Júnior do Friboi volta à cena. Quer o poder, e não mais apenas ser amigo do poder. Para isso, vem se estruturando gradativamente, e colocando o pé no interior goiano – que conhece bem desde os tempos em que comprava e vendia gado, nos primórdios do império comandado por sua família. O seu PSB já está estruturado em cerca de metade dos 246 municípios goianos. A meta é atingir todos nos próximos meses.

Conheça a TV 247

Mais de Poder

Ao vivo na TV 247 Youtube 247