Lula lembra de perseguição a Getúlio: as mesmas elites voltam a atacar o Brasil

Na data que marca 64 anos da morte de Getúlio Vargas, o ex-presidente Lula recorda que "as mesmas elites responsáveis pela morte de Getúlio são as que articularam o golpe de 2016 e que hoje respondem pela volta do Brasil ao Mapa da Fome"; "Mas as pesquisas mostram o fim da anestesia aplicada pelo processo do golpe. Em 7 de outubro escreveremos uma nova página na História da democracia do Brasil", afirma o candidato

Lula lembra de perseguição a Getúlio: as mesmas elites voltam a atacar o Brasil
Lula lembra de perseguição a Getúlio: as mesmas elites voltam a atacar o Brasil

247 - Em recado transmitido em seu site e pelas redes sociais, na data que marca 64 anos da morte de Getúlio Vargas, o ex-presidente Lula recordou nesta sexta-feira 24 dos interesses das elites que levaram o ex-presidente ao suicídio e comparou com a perseguição contra ele próprio.

"Como seria a História do Brasil sem tantos golpes na democracia? Há exatos 64 anos Getúlio Vargas nos deixava, após um longo tormento e pressão das elites que tanto o perseguiram por justamente defender os interesses do povo", diz a mensagem de Lula.

"As mesmas elites responsáveis pela morte de Getúlio são as que articularam o golpe de 2016 e que hoje respondem pela volta do Brasil ao Mapa da Fome. Interesses que jogam contra o povo brasileiro e que tentam, agora em 2018, impedir mais uma vez que o povo possa escolher seu candidato", aponta Lula.

"Mas as pesquisas mostram o fim da anestesia aplicada pelo processo do golpe. Em 7 de outubro escreveremos uma nova página na História da democracia do Brasil", conclui o candidato.

A presidente deposta e candidata ao Senado, Dilma Rousseff, também comparou a perseguição política que resultou no suicídio de Getúlio, em 24 de agosto de 1954, com a perseguição contra Lula.

"É como se estivéssemos na mesma encruzilhada que tirou a vida de Getúlio. O país diante de dois caminhos. De um lado, aqueles que querem vender o país e entregar nossas riquezas. De outro, o fio da história de quem busca reconstruir a civilização brasileira", avaliou.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247