Mercadante entra na bolsa de apostas para 2018

Provável chefe da Casa Civil após a reforma ministerial, Aloizio Mercadante já é lembrado como uma das apostas do PT para 2018 entre os que não acreditam na volta de Lula

Mercadante entra na bolsa de apostas para 2018
Mercadante entra na bolsa de apostas para 2018 (Foto: Antonio Cruz/ABr)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Aloizio Mercadante pode vir a ser o candidato de Dilma Rousseff à sua sucessão em 2018? É essa a aposta da colunista Denise Rothenburg, do Correio Braziliense. Leia abaixo:

Mercadante 2018 - DENISE ROTHENBURG

Há quem vislumbre a possível transferência de Aloizio Mercadante da Educação para a Casa Civil como um nome a ser incluído nas possibilidades de aposta do PT de São Paulo no quesito candidato a presidente da República. A preços de hoje, nada indica que Lula será o candidato mais adiante, nem que Fernando Haddad emplacará no futuro. Tampouco pode-se prever que Alexandre Padilha, hoje pré-candidato ao governo de São Paulo, estará pronto para concorrer à Presidência. Mercadante é hoje um sobrevivente do grupo paulista que ascendeu com Lula e sucumbiu na esteira do mensalão. Portanto, já está na hora de ele entrar nessa fila. Afinal, se tem algo que o PT paulista não deseja é dar lugar de candidato a presidente a representantes de outros estados, ainda que petista.

Quem defende Mercadante, entretanto, relata o perigo da maldição que pesa sobre aqueles que ocupam a Casa Civil pensando em ocupar o principal gabinete do Palácio do Planalto. No PT, os dois que planejavam esse jogo sucumbiram, José Dirceu, no governo Lula, e Antonio Palocci, no começo da gestão de Dilma. A única que deu certo foi Dilma Rousseff, que chegou ali sem querer nada que não fosse ajudar Lula e terminou dona do gabinete presidencial.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247