Temer rebate Machado: inverídica a versão de que solicitei recursos ilícitos

Em nota distribuída nesta quarta (15), a Secretaria de Imprensa da Presidência da República nega que o presidente interino Michel Temer tenha buscado recursos ilícitos para campanhas eleitorais, conforme afirmou o ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado; "Em toda sua vida pública, o presidente em exercício Michel Temer sempre respeitou estritamente os limites legais para buscar recursos para campanhas eleitorais. Jamais permitiu arrecadação fora dos ditames da lei, seja para si, para o partido e, muito menos, para outros candidatos que, eventualmente, apoiou em disputas", afirmou

Em nota distribuída nesta quarta (15), a Secretaria de Imprensa da Presidência da República nega que o presidente interino Michel Temer tenha buscado recursos ilícitos para campanhas eleitorais, conforme afirmou o ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado; "Em toda sua vida pública, o presidente em exercício Michel Temer sempre respeitou estritamente os limites legais para buscar recursos para campanhas eleitorais. Jamais permitiu arrecadação fora dos ditames da lei, seja para si, para o partido e, muito menos, para outros candidatos que, eventualmente, apoiou em disputas", afirmou
Em nota distribuída nesta quarta (15), a Secretaria de Imprensa da Presidência da República nega que o presidente interino Michel Temer tenha buscado recursos ilícitos para campanhas eleitorais, conforme afirmou o ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado; "Em toda sua vida pública, o presidente em exercício Michel Temer sempre respeitou estritamente os limites legais para buscar recursos para campanhas eleitorais. Jamais permitiu arrecadação fora dos ditames da lei, seja para si, para o partido e, muito menos, para outros candidatos que, eventualmente, apoiou em disputas", afirmou (Foto: Valter Lima)

247  - Em nota distribuída nesta quarta-feira (15), a Secretaria de Imprensa da Presidência da República nega que o presidente interino Michel Temer tenha buscado recursos ilícitos para campanhas eleitorais, conforme afirmou o ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado (aqui).

Abaixo a nota:

Em toda sua vida pública, o presidente em exercício Michel Temer sempre respeitou estritamente os limites legais para buscar recursos para campanhas eleitorais. Jamais permitiu arrecadação fora dos ditames da lei, seja para si, para o partido e, muito menos, para outros candidatos que, eventualmente, apoiou em disputas.

É absolutamente inverídica a versão de que teria solicitado recursos ilícitos ao ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado – pessoa com quem mantinha relacionamento apenas formal e sem nenhuma proximidade.​

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247