DF registra oito mortes violentas em uma semana

O Distrito Federal registrou oito mortes violentas durante a semana de 21 a 27 de agosto, com sete casos de homicídio e um caso de latrocínio (roubo seguido de morte); os crimes aconteceram nas regiões de Gama,  Brazlândia, Samambaia, Ceilândia, Estrutural e Fercal

Fiocruz promove ato contra a violência em Manguinhos, uma bala perdida varou a janela de uma sala de trabalho da Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio((EPSJV), unidade técnico-ciêntífica da Fiocruz, instituição pública federal de ensino e pesquisa
Fiocruz promove ato contra a violência em Manguinhos, uma bala perdida varou a janela de uma sala de trabalho da Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio((EPSJV), unidade técnico-ciêntífica da Fiocruz, instituição pública federal de ensino e pesquisa (Foto: Leonardo Lucena)

Brasília 247 - O Distrito Federal registrou oito mortes violentas durante a semana de 21 a 27 de agosto, com sete casos de homicídio e um caso de latrocínio (roubo seguido de morte). O levantamento nacional feito pelo G1, que, segundo o veículo, é o ponto de partida em parceria com o Núcleo de Estudos da Violência (NEV) da Universidade de São Paulo (USP) e com o Fórum Brasileiro de Segurança Pública. O nome do projeto é Monitor da Violência.

As oito vítimas na semana mapeada no Distrito Federal foram homens entre 16 e 44 anos. A maioria dos crimes ocorreu à noite e 75% no fim de semana. Os crimes aconteceram nas regiões de Gama,  Brazlândia, Samambaia, Ceilândia, Estrutural e Fercal.

Pelo menos 60% das vítimas tinham ligações confirmadas com o uso ou tráfico de drogas e 37% tinham passagem pela polícia.

De acordo com o pesquisador do Fórum Brasileiro de Segurança Pública e professor da Universidade de Brasília (UnB) Arthur Trindade, "a maior parte das pessoas que morrem no DF tem ficha criminal". "A distância média do local da morte e a casa da vítima é cerca de 400 metros. Ou seja, quem está matando e morrendo mora em locais próximos e se conhece", disse.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247