Fora, Cunha já tem 1,3 milhão de assinaturas

Em uma semana crucial na crise política brasileira, representantes da Avaaz entregaram hoje às 14h uma petição com 1.3 milhão de assinaturas de brasileiros que pedem a cassação do mandato do deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ); "O processo de cassação contra o deputado Eduardo Cunha é uma 'prova dos nove' para nossa democracia. É por isso que hoje 1.3 milhão de pessoas pedem ao Conselho de Ética que atuem com urgência e responsabilidade para garantir que ninguém esteja acima da lei. Esta é uma única maneira de sairmos da crise política atual e darmos um passo histórico em busca de um Brasil mais limpo e democrático", disse Diego Casaes, ativista do Avaaz

Brasília - Presidente da Câmara, Eduardo Cunha durante Sessão extraordinária para discussão e votação de diversos projetos (Antonio Cruz/Agência Brasil)
Brasília - Presidente da Câmara, Eduardo Cunha durante Sessão extraordinária para discussão e votação de diversos projetos (Antonio Cruz/Agência Brasil) (Foto: Leonardo Attuch)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Do Avaaz – Em uma semana crucial na crise política brasileira, representantes da Avaaz entregaram hoje às 14h uma petição com 1.3 milhão de assinaturas de brasileiros que pedem a cassação do mandato do deputado Eduardo Cunha. As assinaturas foram entregues ao presidente do Conselho de Ética da Câmara, o deputado José Carlos Araújo (PR-BA) e ao relator deputado Marcos Rogério (DEM-RO).

A petição online hospedada no site de Petições da Comunidade da Avaaz pede que o Conselho de Ética "exerça seu papel" no processo contra o deputado Eduardo Cunha: "Nós acreditamos que vocês darão voz à milhares de brasileiros que estão indignados em terem como líder da Casa do Povo alguém suspeito de estar envolvido com corrupção", diz a petição.

O ativista da Avaaz, Diego Casaes afirmou:

"O processo de cassação contra o deputado Eduardo Cunha é uma "prova dos nove" para nossa democracia. É por isso que hoje 1.3 milhão de pessoas pedem ao Conselho de Ética que atuem com urgência e responsabilidade para garantir que ninguém esteja acima da lei. Esta é uma única maneira de sairmos da crise política atual e darmos um passo histórico em busca de um Brasil mais limpo e democrático"

O deputado Eduardo Cunha, presidente da Câmara dos Deputados, é suspeito de esconder contas bancárias na Suíça e acusado de envolvimento no esquema de corrupção da Petrobras. Ele nega, mas a imprensa divulgou cópias de seu passaporte que teriam sido usadas na abertura das contas, assim como documentos contendo sua assinatura.

Sendo assim, foi iniciada uma representação contra Cunha no Conselho de Ética da Câmara por quebra de decoro parlamentar que pode leva à cassação do mandato. No início de março, depois de quatro meses de manobras de Cunha e aliados para adiar a decisão - o que tornou este o mais longo processo de cassação da história do legislativo - o Conselho votou por aceitar o pedido de investigação.

No dia 22 de março, Cunha apresentou sua defesa. Agora, o Conselho tem 20 dias para apresentar o relatório final, que pode recomendar ou não a cassação de Cunha.

Avaaz é uma rede de campanhas globais com mais de 44 milhões de pessoas que trabalha para garantir que as opiniões e valores das pessoas ao redor do mundo influenciem decisões globais. "Avaaz" significa "voz" ou "canção" em várias línguas. Os membros da Avaaz vêm de todos os países do mundo -- nossa equipe está espalhada em 19 países, 5 continentes e opera em 16 idiomas.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247