Interventor na Segurança do DF, Cappelli entrega a Moraes relatório sobre os atos terroristas de bolsonaristas

Relatório mostra que havia poucos policiais nas ruas para conter os ataques

www.brasil247.com - Alexandre de Moraes e Ricardo Cappelli
Alexandre de Moraes e Ricardo Cappelli (Foto: Reprodução/Twitter)


247 - Interventor nomeado pelo presidente Lula (PT) para assumir a área de Segurança do Distrito Federal, Ricardo Cappelli entrega nesta quarta-feira (25) ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes um relatório sobre os ataques terroristas promovidos por bolsonaristas às sedes dos Três Poderes, em Brasília, no último dia 8.

De acordo com Bela Megale, do jornal O Globo, "o documento trará imagens aéreas mostrando que o número de policiais militares nas ruas era insuficiente para conter as invasões e depredações dos prédios dos Três Poderes, naquele 8 de janeiro" e "além disso, o relatório vai apontar que o principal problema não foi falta de informações de inteligência, já que um alerta chegou a ser emitido por uma subsecretaria ligada à pasta de Justiça e Segurança Pública do DF".

O relatório mostrará que o fator decisivo para o desenrolar dos ataques foi a falta de ação efetiva - como maior efetivo policial nas ruas - para conter os bolsonaristas.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247