Renan afirma que Janot causa 'asco' e pede à OAB que o impeça de advogar

O senador Renan Calheiros (MDB-AL) disse que a confissão de janot causa asco e que desonra à atividade profissional dos advogados de maneira acachapante. Ele pediu aoTribunal de Ética e Disciplina do Conselho da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) a exclusão e o cancelamento da inscrição do ex-procurador-geral da República

Renan Calheiros 
Renan Calheiros  (Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O senador Renan Calheiros (MDB-AL) disse que a confissão de janot causa asco e que desonra à atividade profissional dos advogados de maneira acachapante. Ele pediu aoTribunal de Ética e Disciplina do Conselho da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) a exclusão e o cancelamento da inscrição do ex-procurador-geral da República.

A reportagem do jornal Folha de S. Paulo destaca que "no requerimento, Calheiros diz que a confissão de Janot de ter planejado o assassinato do ministro Gilmar Mendes, do STF (Supremo Tribunal Federal) "não causa apenas perplexidade: causa asco". "Os fatos", de acordo com o senador, "demonstram desonra à atividade profissional dos advogados de maneira acachapante".

A matéria ainda informa que "Renan Calheiros encerra o requerimento afirmando que "no caso de não acolhimento do pleito", "requer-se" que o órgão "aplique as sanções que entender cabíveis".

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247