Base de Alcântara: senador pede investigação de projeto

O senador Alvaro Dias (Pode-PR) defende uma auditoria sobre a aplicação dos recursos orçamentários alocados na implantação do lançamento do foguete Cyclone-4, na Base de Alcântara, no Maranhão; o congressista lembrou que seu pedido de informações ainda não foi votado pelo Senado; o parlamentar apresentou dados que revelam gastos superiores a R$ 464 milhões na implantação do projeto  

O senador Alvaro Dias (Pode-PR) defende uma auditoria sobre a aplicação dos recursos orçamentários alocados na implantação do lançamento do foguete Cyclone-4, na Base de Alcântara, no Maranhão; o congressista lembrou que seu pedido de informações ainda não foi votado pelo Senado; o parlamentar apresentou dados que revelam gastos superiores a R$ 464 milhões na implantação do projeto
 
O senador Alvaro Dias (Pode-PR) defende uma auditoria sobre a aplicação dos recursos orçamentários alocados na implantação do lançamento do foguete Cyclone-4, na Base de Alcântara, no Maranhão; o congressista lembrou que seu pedido de informações ainda não foi votado pelo Senado; o parlamentar apresentou dados que revelam gastos superiores a R$ 464 milhões na implantação do projeto   (Foto: Leonardo Lucena)

Blog do John Cutrim - O senador Alvaro Dias (Pode-PR) defende uma auditoria sobre a aplicação dos recursos orçamentários alocados na implantação do lançamento do foguete Cyclone-4, na Base de Alcântara, no Maranhão. Ele lembrou que seu pedido de informações ainda não foi votado pelo Senado.

O senador observou que o projeto do Cyclone-4 surgiu de um acordo entre Brasil e Ucrânia, que já foi cancelado. Alvaro Dias apresentou dados que revelam gastos superiores a R$ 464 milhões na implantação do projeto. O senador lamentou que os contribuintes não tenham informações a respeito do dinheiro investido.

— Se as obras não foram realizadas, se o foguete não foi lançado, e se o governo hoje busca entendimentos com outros países, pressupondo que houve portanto a extinção daquele acordo bilateral com a Ucrânia, é óbvio constatar que estes recursos não foram bem aproveitados.



Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247