Em meio a motim de PMs, Ceará tem 29 homicídios em 24 horas; média diária é de 6

A média no Ceará foi de seis homicídios por dia de 1º de janeiro a 18 de fevereiro deste ano. A data mais violenta do ano tinha sido 18 de janeiro, quando ocorreram 17 crimes violentos letais

Violência aumenta com paralisação de policiais no Ceará
Violência aumenta com paralisação de policiais no Ceará (Foto: Reprodução)

247 - O Ceará registrou o período mais violento do ano entre 6h de quarta-feira (19) e 6h de quinta. Foram 29 assassinatos no estado, de acordo com a Secretaria Estadual de Segurança Pública. O recorde das mortes ocorre em meio à mobilização de policiais para conseguir aumento salarial. 

A média no Ceará foi de seis homicídios por dia de 1º de janeiro a 18 de fevereiro deste ano. A data mais violenta do ano tinha sido 18 de janeiro, quando ocorreram 17 crimes violentos letais.

Policiais querem reajuste salarial. Segundo proposta do governo enviada à Assembleia Legislativa, o salário-base de um soldado será de R$ 4,5 mil, com aumento progressivo até 2022. O salário atual da categoria é de R$ 3,2 mil. A proposta inicial, rejeitada pelos policiais, era aumento para R$ 4,2 mil até 2022.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247.Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247