Petistas criticam Rui Costa por evento com Bolsonaro

O governador da Bahia, Rui Costa, é alvo de críticas dentro do PT pela iniciativa de convidar Jair Bolsonaro para a inauguração do aeroporto de Vitória da Conquista (BA); candidato à presidência nacional do partido, Valter Pomar aponta no chefe do Executivo baiano um "argumento tecnocrático que já serviu para justificar todo tipo de barbaridade"

(Foto: Manu Dias (Governo da Bahia))

247 - O governador da Bahia, Rui Costa, é alvo de críticas dentro do PT pela iniciativa de convidar o presidente Jair Bolsonaro para a inauguração do aeroporto de Vitória da Conquista, no Centro -Sul do estado. Candidato à presidência nacional do Partido dos Trabalhadores, Valter Pomar aponta no chefe do Executivo baiano um "argumento tecnocrático que já serviu para justificar todo tipo de barbaridade".

"O governador Rui Costa convidou Bolsonaro para a inauguração de um aeroporto. Perguntado pela imprensa, ele deu varias explicações.  Duas destas 'explicações' são velhas conhecidas. Primeira 'explicação' de Rui: não podemos misturar gestão e política. Argumento tecnocrático que já serviu para justificar todo tipo de barbaridade", disse Pomar em nota.

"Segunda 'explicação' de Rui: colocar os interesses do povo acima dos interesses políticos. Argumento ultimamente muito utilizado pelos demagogos de extrema direita, que colocam de um lado os 'políticos' e de outro lado 'o povo', e que na prática serve para justificar qualquer tipo de aliança", continua.

De acordo com Pomar, "é 'compreensível' que o governador "queira a presença do 'ente' federal, para cobrar repasses e recursos". "Mas seus argumentos indicam que Rui Costa está seguindo pelo mesmo caminho adotado, nos anos 1990, pelos governadores Cristovam Buarque e Vítor Buaiz frente ao governo FHC. O Cavernícola não é FHC e Rui tem explícitas ambições presidenciais. Fora isso, ninguém pode alegar ignorância acerca de onde vai dar seu comportamento".

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247