Administração da UFRJ funciona em locais provisórios após incêndio

Os órgãos da administração central da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) estão funcionando em locais provisórios, devido ao incêndio que atingiu o oitavo andar do prédio da reitoria, na Ilha do Fundão, há uma semana; os cursos realizados no prédio da reitoria também devem ser realocados; por enquanto, as aulas estão suspensas até o próximo dia 21  

Os órgãos da administração central da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) estão funcionando em locais provisórios, devido ao incêndio que atingiu o oitavo andar do prédio da reitoria, na Ilha do Fundão, há uma semana; os cursos realizados no prédio da reitoria também devem ser realocados; por enquanto, as aulas estão suspensas até o próximo dia 21
 
Os órgãos da administração central da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) estão funcionando em locais provisórios, devido ao incêndio que atingiu o oitavo andar do prédio da reitoria, na Ilha do Fundão, há uma semana; os cursos realizados no prédio da reitoria também devem ser realocados; por enquanto, as aulas estão suspensas até o próximo dia 21   (Foto: Leonardo Lucena)

Vitor Abdala – Repórter da Agência Brasil

Os órgãos da administração central da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) estão funcionando em locais provisórios, devido ao incêndio que atingiu o oitavo andar do prédio da reitoria, na Ilha do Fundão, há uma semana. Os cursos realizados no prédio da reitoria também devem ser realocados. Por enquanto, as aulas estão suspensas até o próximo dia 21.

O gabinete do reitor Roberto Leher, por exemplo, está funcionando na sala da Decania do Centro de Ciência Matemáticas e da Natureza (CCMN). Já a Pró-Reitoria de Graduação funciona provisoriamente no Diretório de Registro Estudantil do CCMN e a Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa, na sala 2 da Decania do CCMN. Os endereços dos demais órgãos podem ser conferidos na página da instituição.

O reitor vai hoje (10) a Brasília, com o objetivo de pedir ajuda ao Ministério da Educação para a reconstrução do oitavo andar.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247