Chico Alencar: 'O que diz Temer sobre ação da PF?'

Deputado Chico Alencar (PSOL), um dos autores da representação que pede a cassação de Eduardo Cunha no Conselho de Ética, questionou o silêncio do vice-presidente Michel Temer sobre a Operação Catilinárias, que teve como foco principal políticos do PMDB, entre eles o presidente da Câmara; "E @MichelTemer, presidente nacional do PMDB? O que diz sobre a situação dos seus correligionários?", escreveu

Líder do PSOL, dep. Chico Alencar (RJ), junto com parlamentares de outros partidos, concede entrevista coletiva  Data: 20/08/2015 - Foto: Gustavo Lima - Câmara dos Deputados
Líder do PSOL, dep. Chico Alencar (RJ), junto com parlamentares de outros partidos, concede entrevista coletiva  Data: 20/08/2015 - Foto: Gustavo Lima - Câmara dos Deputados (Foto: Aquiles Lins)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Brasília 247 - A Operação Catilinárias da Polícia Federal, que cumpriu mandados de busca e apreensão nas residências e escritórios do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB), segue repercutindo na Câmara. 

O deputado Chico Alencar (PSOL), um dos autores da representação que pede a cassação de Cunha no Conselho de Ética, questionou o silêncio do vice-presidente Michel Temer sobre a ação da PF. "E @MichelTemer, presidente nacional do PMDB? O que diz sobre a situação dos seus correligionários?", escreveu.

O deputado do PSOL também questionou as declarações de Eduardo Cunha, que disse ser "nula" a representação do PSOL e Rede contra ele. "Apresentamos esta denúncia há 62 dias. Foram meses de protelação. A decisão do Conselho de Ética foi correta e legítima, e coincidentemente hoje, no dia da Operação Catilinárias", comentou Chico Alencar.

Na operação Catilinárias, além de Eduado Cunha, também tiveram mandatos de busca e apreensão residências de dois ministros do PMDB, Henrique Eduardo Alves (RN), do Turismo, e Celso Pansera (RJ), da Ciência e Tecnologia, além do ex-ministro Edson Lobão.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email