Feminicídio: mulher é morta a facadas ao buscar celular na casa do ex-namorado

Uma jovem de 21 anos, identificada como Raquel Bonfim de Santana Araújo, foi morta a facadas quando foi à casa do ex-namorado, de 30 anos, na região da Brasilândia, zona norte da cidade de São Paulo. Feminicídios aumentaram na capital paulista e no estado

Manifestação contra feminicídio. Raquel Bonfim de Santana Araújo foi mais uma vítima
Manifestação contra feminicídio. Raquel Bonfim de Santana Araújo foi mais uma vítima (Foto: Esq.: Fernando Frazão/ABR - Dir.: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Uma jovem de 21 anos, idenficada como Raquel Bonfim de Santana Araújo, foi morta a facadas na manhã de sábado (25), quando foi à casa do ex-namorado, de 30 anos, na região da Brasilândia, zona norte da cidade de São Paulo. O crime foi registrado como feminicídio (quando a vítima é morta por ser mulher). De acordo com a SSP (Secretaria da Segurança Pública), gestão João Doria (PSDB), os feminicídios aumentaram na capital paulista e no estado de São Paulo, entre 2018 e 2019. Na cidade foram registrados 29 casos em 2018 e 43 no ano seguinte, aumento de 48,2%. No estado, subiu 33,8%, quando comparados, respectivamente, os 136 e 182 casos. 

O suspeito foi ao 72º DP (Vila Penteado) na manhã desta segunda-feira (27), prestar depoimento sobre o caso. O Judiciário decretou a prisão temporária do rapaz por 30 dias e ele foi detido no local. 

De acordo com a polícia, ela foi à casa do ex-namorado onde os dois teriam discutido por causa de um celular, que pertenceria à mulher e estava com o suspeito. Como consequência, o homem a teria esfaqueado e fugido com uma moto. A polícia afirmou que ele levou o celular da vítima. 

O caso foi registrado como feminicídio e furto no 72º DP (Vila Penteado). 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247