Justiça decide afastar Flordelis do cargo de deputada federal

Agora, a decisão dos desembargadores será submetida ao plenário da Câmara dos Deputados para que decidam se mantém o afastamento, conforme determina a Constituição Federal

Dep. Flordelis (PSD-RJ)
Dep. Flordelis (PSD-RJ) (Foto: Michel Jesus/Câmara dos Deputados)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A 2ª Câmara Criminal decidiu afastar Flordelis dos Santos de Souza (PSD) do cargo de deputada federal. De acordo com informações do jornal O Globo, o julgamento por videoconferência ocorreu nesta terça-feira (23). 

Os magistrados decidiram que a parlamentar fique afastada do cargo durante a primeira fase do processo no qual é ré por ser mandante da morte do marido, o pastor Anderon do Carmo.

Para o relator, desembargador Celso Ferreira Filho, há situações concretas que demonstram atos de Flordelis para atrapalhar a “busca pela verdade” no processo.

"Há situações que me causaram perplexidade. São 50 anos que convivo nessa casa de coflitos e há mutio tempo não vejo uma situação tão complexa, estranha e que causa tanta surpresa. Lidamos com homicídio, improbidade administrativa, vários desvios, mas nesse processo há uma gama de circunstâncias estranhas, sobre as quais não vou tecer comentários", afirmou Celso Ferreira Filho ao iniciar seu voto

Agora, a decisão dos desembargadores será submetida ao plenário da Câmara dos Deputados para que decidam se mantém o afastamento, conforme determina a Constituição Federal.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email