No estado do Rio, 17 mil agentes públicos receberam auxílio emergencial de forma indevida

Só capital fluminense, 11.356 agentes públicos conseguiram de forma indevida o pagamento do auxílio emergencial

Aplicativo auxílio emergencial do Governo Federal.
Aplicativo auxílio emergencial do Governo Federal. (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Um total de 17.219 agentes públicos do estado e do município do Rio de Janeiro recebeu de forma indevida o pagamento do auxílio emergencial. Na capital fluminense, 11.356 agentes públicos conseguiram o benefício. No estado, 5.863 servidores, entre eles 400 policiais militares, também estão na lista do pagamento indevido. 

Os recursos pagos de forma indevida ultrapassam o valor de R$ 12,6 milhões, sendo a maior quantidade de beneficiários por conta de algumas pessoas que receberam duas parcelas no mês (R$ 1,2 mil).

O levantamento foi feito pela Controladoria-Geral da União (CGU) em parceria com a Controladoria Geral do Estado, com o Tribunal de Contas do Estado e com o Tribunal de Contas dos Municípios do Rio.

Os valores foram disponibilizados entre os dias 1° a 31 de maio. 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247