PF pede afastamento de prefeito tucano de São Bernardo

Segundo a Polícia federal, Orlando Morando é suspeito de corrupção e fraude em licitação para fornecimento de merenda escolar, uniformes, material didático e outros serviços. Supostos crimes são investigados na operação Prato Feito

(Foto: Divulgação/ Ricardo Cassin/ PSBC)

247 - A Polícia Federal pediu à Justiça o afastamento do prefeito de São Bernardo do Campo, Orlando Morando (PSDB). 

Segundo a PF, o prefeito tucano é suspeito de participação em crimes de corrupção e fraude em licitação e execução de contratos. Os desvios de recursos da União para a Educação, investigados no âmbito da Operação Prato Feito, se davam em contratos para fornecimento de merenda escolar, uniformes, material didático e outros serviços.

A Prato Feito foi deflagrada pela Polícia Federal em maio de 2018 para investigar 65 contratos, cujos valores totais ultrapassam R$ 1,6 bilhão, em 30 cidades de São Paulo.

Segundo representação policial que foi enviada à 1ª Vara Federal Criminal de São Paulo para a deflagração da ‘Prato Feito’, um investigado que trabalhava com fornecimento de merenda escolar teria afirmado em áudio que entregou vantagem indevida para o então candidato e atual Prefeito de São Bernardo do Campo.

Orlando Morando negou ter recebido qualquer vantagem indevida apontada pela Polícia Federal. 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247