“Sou ladrão e vacilão”: jovem que teve testa tatuada é preso por furto

Depois do episódio, Ruan chegou a ser internado em uma clínica de reabilitação, mas abandonou o tratamento

www.brasil247.com -
(Foto: Reprodução)


247 - O jovem que teve a testa tatuada há cinco anos com a frase “sou ladrão e vacilão”, Ruan Rocha da Silva, de 22 anos, foi preso na manhã deste domingo (27) por suspeita de furtar uma casa em Cotia, na Grande São Paulo.

Segundo a Guarda Civil de Cotia, Ruan teria pulado a janela do banheiro e, em seguida, foi encontrado na sala do apartamento. As informações são do jornal Folha de S.Paulo.

Ele foi encaminhado à delegacia. Havia um outro mandado de prisão no nome de Ruan por suspeita de roubo.

Em 2017, o jovem foi torturado e teve a testa tatuada após ser acusado de furtar uma bicicleta. Dois homens – o tatuador Maycon Wesley Carvalho dos Reis e o pedreiro Ronildo Moreira de Araújo – foram presos e condenados por lesão corporal gravíssima e constrangimento ilegal.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247