Vasco bate o Friburguense e segue 100% no Carioca

Um em cada tempo, Diego Souza faz dois gols e torna time o nico que venceu todas as partidas at aqui no campeonato

Na última partida antes da estreia pela Copa Libertadores, e mais uma vez com os titulares em campo, o Vasco jogou o suficiente para vencer o Friburguense por 2 a 0, neste domingo, em São Januário, pela quarta rodada da Taça Guanabara (primeiro turno). Com a vitória, o time é o único com 100% de aproveitamento no Campeonato Carioca. Na próxima quarta-feira, a equipe faz o primeiro jogo pela competição continental contra o Nacional (Uruguai), também em São Januário.

O jogo começou truncado e as primeiras boas chances foram do Friburguense. Mas o time da Região Serrana pecou nas finalizações, bem aproveitadas por Diego Souza, que teve ótima atuação e marcou os dois gols do Vasco. No segundo tempo, a torcida pôde ver pela primeira vez em 2012, juntos em campo, Juninho Pernambucano e Felipe. O técnico Cristóvão Borges quis dar ritmo de jogo aos experientes meias, que serão titulares no jogo da próxima quarta.

O JOGO - A primeira chance foi do Friburguense, aos 13 minutos. Ziquinha recebeu lançamento e, na linha de fundo, cruzou. Jorge Luiz, na pequena área, desperdiçou e bateu à esquerda do goleiro Alessandro. Três minutos depois, após cobrança de escanteio, Diego, sozinho, cabeceou e a bola bateu na rede pelo lado de fora.

A primeira chance do Vasco foi só aos 25 minutos. Após bom cruzamento de Thiago Feltri, Alecsandro dominou e bateu forte, mas em cima do goleiro, que defendeu em dois lances. Aos 33, Feltri recebeu lançamento e ficou de frente para o gol, na área, mas bateu mal e a bola passou longe.

O primeiro gol saiu aos 44 minutos. Juninho Pernambucano cobrou escanteio, pela direita, Diego Souza subiu mais que a zaga e cabeceou no alto, sem chance para o goleiro Marcos. Na comemoração, repetiu o gesto imortalizado por Bebeto na Copa do Mundo de 1994 e homenageou a filha Manuela, nascida na última quarta.

O Vasco voltou melhor do intervalo. Logo aos 2 minutos, Nilton arriscou forte, de fora da área, e a bola passou perto. Aos 14, Felipe tocou para Juninho que fez belo lançamento para Diego Souza, entre os zagueiros. Cara a cara com o goleiro, o meia teve tranquilidade para tocar a bola rasteiro, no canto direito do gol, e consolidar a vitória vascaína.

O Vasco ainda teve uma boa chance aos 46 minutos. Alessandro bateu bem o tiro de meta e a bola sobrou para Diego Souza, próximo à grande área, que tocou para Alecsandro. O atacante bateu bem, de primeira, mas o goleiro defendeu.

FICHA TÉCNICA

VASCO 2 x 0 FRIBURGUENSE

VASCO - Alessandro; Fagner, Dedé, Rodolfo e Thiago Feltri; Nilton, Fellipe Bastos (Eduardo Costa), Allan (Felipe) e Juninho (Bernardo); Diego Souza e Alecsandro. Técnico: Cristóvão Borges.

FRIBURGUENSE - Marcos; Sérgio Gomes, Cadão, Diego Guerra e Flavinho; Lucas, Bidu, Jorge Luiz (Marquinhos) e Marcelo; Romulo (Diego Santos) e Ziquinha (Ricardinho). Técnico: Gérson Andreotti.

GOLS - Diego Souza, aos 44 minutos do primeiro tempo; Diego Souza, aos 14 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Nilton, Rodolfo e Fagner (Vasco); Lucas, Ziquinha e Sérgio Gomes (Friburguense).

ÁRBITRO - Grazianni Maciel Rocha.

RENDA - R$ 157.570,00.

PÚBLICO - 6.303 pagantes.

LOCAL - Estádio de São Januário, no Rio de Janeiro (RJ).

Conheça a TV 247

Mais de Sudeste

Ao vivo na TV 247 Youtube 247