Dallagnol tem até 6 de junho para se defender de processo que cobra restituição de diárias da Lava Jato

O processo, que corre no TCU, pode forçar o ex-procurador a devolver à União valores gastos com diárias e viagens durante a vigência da Operação Lava Jato

www.brasil247.com - Deltan Dallagnol
Deltan Dallagnol (Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil)


247 - O ex-procurador e pré-candidato a deputado federal Deltan Dallagnol (Podemos-PR) tem até 6 de junho para se defender no processo que corre no Tribunal de Contas da União (TCU) e cobra a restituição de valores pagos em diárias e viagens durante a vigência da Operação Lava Jato, informa o Estado de S. Paulo

Também são alvos do processo o ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot e oito membros da Lava Jato. 

Dallagnol poderá ter que devolver R$ 2,8 milhões.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email