Gleisi sobre sabatina de Moraes: Os que foram leões com Fachin hoje estão gatinhos

Em discurso durante a sabatina do indicado ao STF Alexandre de Moraes, a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) lembro de manifestações contrárias ao último ministro sabatinado para a corte, Edson Fachin, acusado à época de militar para Dilma e para o MST; "Os que foram leões de outrora, como no caso do ministro Fachin, hoje estão aqui gatinhos, muito mansos com essa sabatina em que o nosso indicado é um militante partidário convicto", afirmou; "Vivemos tempos sombrios", acrescentou Gleisi

Em discurso durante a sabatina do indicado ao STF Alexandre de Moraes, a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) lembro de manifestações contrárias ao último ministro sabatinado para a corte, Edson Fachin, acusado à época de militar para Dilma e para o MST; "Os que foram leões de outrora, como no caso do ministro Fachin, hoje estão aqui gatinhos, muito mansos com essa sabatina em que o nosso indicado é um militante partidário convicto", afirmou; "Vivemos tempos sombrios", acrescentou Gleisi
Em discurso durante a sabatina do indicado ao STF Alexandre de Moraes, a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) lembro de manifestações contrárias ao último ministro sabatinado para a corte, Edson Fachin, acusado à época de militar para Dilma e para o MST; "Os que foram leões de outrora, como no caso do ministro Fachin, hoje estão aqui gatinhos, muito mansos com essa sabatina em que o nosso indicado é um militante partidário convicto", afirmou; "Vivemos tempos sombrios", acrescentou Gleisi (Foto: Gisele Federicce)

247 – A senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) chamou o indicado ao STF Alexandre de Moraes, que era filiado ao PSDB até pouco tempo, de "militante partidário convicto" e lembrou da sabatina do último ministro indicado à corte suprema, Edson Fachin, acusado à época pela oposição de militar para Dilma Rousseff e para o MST.

As declarações de Gleisi foram feitas nesta tarde durante a sabatina de Moraes no Senado. "Os que foram leões de outrora, como no caso do ministro Fachin, hoje estão aqui gatinhos, muito mansos com essa sabatina em que o nosso indicado é um militante partidário convicto", afirmou.

"Vivemos tempos sombrios", acrescentou, lembrando da declaração do escritor Raduan Nassar, em discurso contra o golpe e contra o governo Temer, e a quem a senadora fez um pequeno desagravo. Gleisi disse ainda que a "indicação de Alexandre de Moraes é prejudicial à democracia, ele é parcial e devia ser declarar suspeito sobre o impeachment e Michel Temer".

Ela destacou também que diversas entidades da área jurídica se manifestaram contrárias a Moraes. Nesta segunda, o Centro Acadêmico XI de Agosto, da Faculdade de Direito da USP, entregou um abaixo-assinado no Senado com 270 mil assinaturas contra Moraes no STF. Ele rebateu na sabatina que entidades nacionais o apoiaram e que o Centro Acadêmico XI de agosto é partidarizado e só reuniu 50 pessoas contra ele.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247