Vereador pede censura a livro didático por conter “apologia à ideologia de gênero”

O vereador de Ponta Grossa (PR), pastor Ezequiel Bueno (PRB-PR), pediu ao governo censura do uso de um livro didático de Ciências nas escolas estaduais. De acordo com o vereador, o livro faz “apologia à ideologia de gênero”

Vereador Pastor Ezequiel Bueno enviou ofício ao governo do Paraná
Vereador Pastor Ezequiel Bueno enviou ofício ao governo do Paraná (Foto: Câmara dos Vereadores de Ponta Grossa)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O vereador de Ponta Grossa (PR), pastor Ezequiel Bueno (PRB-PR), enviou um ofício ao governador do estado, Ratinho Jr., pedindo censura do uso de um livro didático de Ciências nas escolas estaduais. De acordo com o vereador, o livro faz “apologia à ideologia de gênero” por abordar questões como orientação sexual e afetiva, identidade de gênero sexo biológico e expressão de gênero.

“São crianças, adolescentes e pré-adolescentes que têm que ser preservados. Mas, lamentavelmente, a apostila está aqui, um livro de oitava série. Pra mim, esse assunto tinha sido encerrado na nossa cidade. Isso é papel do pai e da mãe, não da escola. Novamente, essa situação. E com um governo federal que é totalmente contra essa situação”, afirmou ele em discurso na Câmara na última quinta-feira (20).

Em nota, a Secretaria da Educação informou que ainda não recebeu o ofício e reforçou que o ensino de educação sexual nas escolas está previsto nas Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Fundamental.

“A Base Nacional Comum Curricular (BNCC) propõe o debate de questões que envolvem puberdade, eficácia de métodos contraceptivos e as ISTs, bem como a sexualidade humana”, diz um trecho da nota.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247