Tá nos trends

Allan dos Santos é detonado após divulgar falsa suspeita de vacina ter provocado desmaio do jogador Eriksen

Blogueiro bolsonarista, alvo do inquérito do STF que apura os atos antidemocráticos, disparou a fake news de que Christian Eriksen sofreu uma parada cardíaca e desmaiou em campo por complicações em decorrência da vacinação contra a covid-19

Blogueiro Allan dos Santos mostra "dedo do meio" para o STF
Blogueiro Allan dos Santos mostra "dedo do meio" para o STF (Foto: Reprodução/Twitter)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - O blogueiro bolsonarista Allan dos Santos, alvo do inquérito do STF que apura atos antidemocráticos, disparou a fake news de que Christian Eriksen, o camisa 10 da Dinamarca e jogador da Inter de Milão, sofreu uma parada cardíaca e desmaiou em campo por complicações em decorrência da vacinação contra a covid-19. A ação do extremista gerou revolta nas redes.

Segundo reportagem do portal O Globo, o diretor executivo da Inter de Milão, Giuseppe Marotta, declarou neste domingo (14) que Eriksen nunca testou positivo para coronavírus e não recebeu a vacina contra a doença. O dirigente afastou qualquer especulação sobre uma possível influência do vírus ou de sua imunização no mal súbito que o jogador sofreu no sábado, na derrota da Dinamarca para a Finlândia por 1 a 0.

“Ele não teve Covid e também não foi vacinado. Eu posso dizer que a equipe médica da Inter está em contato com todos da Dinamarca e com ele desde o início”, declarou Marotta, em entrevista à emissora italiana “RAI Sport”.

PUBLICIDADE

Em seu perfil do Twitter, o blogueiro postou na madrugada desta segunda-feira (15) informação de que "o médico-chefe e cardiologista da equipe italiana confirmou via rádio italiana que Eriksen havia recebido a vacina Pfizer em 31 de Maio". E ainda completou: "Há especulações de que ele teve coágulo sanguíneo ou miocardite, nada ainda confirmado em relação à vacina, mas o questionamento é grande".

Allan segue com sua postagem no Twitter e não foi notificado pela rede social.  

Veja a repercussão:

PUBLICIDADE


 

PUBLICIDADE

 

 

 


O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email