CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
América Latina

Milei diz que Israel não comete excessos e ataca Lula e Boric

Para Milei, posição de Lula e Boric sobre a guerra entre Israel e a Palestina é 'condenável'

Javier Milei. Foto: Reuters / Agustin Marcarian
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - O presidente da Argentina, Javier Milei, defendeu o governo de Israel, afirmou que o país não comete excessos na guerra contra o Hamas e atacou o presidente Lula (PT). As declarações foram dadas em entrevista à CNN espanhola, exibida neste domingo (31), relata o UOL.

Milei afirmou que Israel é um grande aliado da Argentina. Ele ressaltou que o governo do primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, não comete um "único excesso" na guerra contra o povo palestino. "Israel, tudo o que está a fazer, faz dentro das regras do jogo", afirmou. 

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

O ocupante da Casa Rosada atacou os líderes latino-americanos que condenaram Israel pela guerra. Milei direcionou as críticas aos presidentes do Chile e do Brasil, Gabriel Boric e Luiz Inácio Lula da Silva, respectivamente. "Acho condenável que eles tenham esse tipo de convicção", disse. 

O presidente argentino também voltou a criticar a esquerda. "A esquerda nas suas diferentes versões é o câncer da humanidade", ressaltou. 

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Carregando os comentários...
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO