Bolsonaro começa a perder direita moderada, mas sinais pra esquerda não são bons

A recuperação sinalizada nas pesquisas de janeiro não estão se confirmando agora em março

Bolsonaro admite rever BPC e reduzir idade mínima para mulher se aposentar
Bolsonaro admite rever BPC e reduzir idade mínima para mulher se aposentar (Foto: REUTERS/Adriano Machado)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Pesquisas começam a apontar uma perda de apoio de Bolsonaro na denominada “direita moderada”. Aquela parte do eleitorado que não relincha e nem pede tortura aos que discordam de suas ideias. Aquele grupo que defende a moral e os bons costumes. E que por isso mesmo não está gostando da forma como o presidente tem se comportado nos últimos meses.

Isso ainda não significa que a batata de Bolsonaro já esteja assando. Não. Ele ainda se mantém com aquele velho 1/3 do eleitorado a seu favor. Mas a depender do tamanho da crise e se vier a se manter só cacarejando ao invés de começar a botar uns ovos, isso pode vir a se reduzir a uns 15%.

O que é fato é que aquela recuperação sinalizada nas pesquisas de janeiro não estão se confirmando agora em março. Assista ao meu comentário no Fala Rovai desta quarta-feira.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email