Doze previsões para 2018

Todo mundo quer saber sobre 2018. Mal botamos o pé em 2017, ano inteirinho, com pouco uso e bom estado geral de funcionamento, e as pessoas só pensam em 2018

vidente com bola de cristal
vidente com bola de cristal (Foto: Ayrton Centeno)

Todo mundo quer saber sobre 2018. Mal botamos o pé em 2017, ano inteirinho, com pouco uso e bom estado geral de funcionamento, e as pessoas só pensam em 2018. Felizmente, é possível aplacar tanta aflição. Ocorre que, numa limpeza do sótão, esbarrei num objeto arredondado e coberto de poeira que, limpo e lustrado, revelou-se uma bola de cristal que algum antigo morador, porventura um quiromante, esqueceu ali. Dando tratos a bola, ela falou e disse e mais não disse porque não tive estômago para mais saber. É o seguinte:

1) Nomeado ministro-chefe da Casa Civil, Romero Suruba Jucá está sob fritura para ser removido da pasta. Seu mais provável substituto é o atual titular do MEC, Alexandre Frota. Que não tem a mais remota ideia do que seja Casa Civil e o que deve fazer. Mas fontes murmurantes do Jaburu informam que Temer cansou do atual ministro. "Jucá é apenas um teórico da suruba. Vou trocá-lo por um prático", justificou-se.

2) O procurador Rodrigo Janot sofreu queda grave de sua cadeira e teve fratura exposta. Foi imprudência. Janot estava sentado sobre uma montanha tão alta de denúncias contra Aécio, Serra, Alckmin, Aloysio, FHC, Temer que, lá pelas tantas, desequilibrou-se sobre a papelada e caiu. Socorrido, voltou correndo para se encarapitar de novo na pilha. "Primeiro o sentimento do dever, depois a saúde", explicou a amigos.

3) Marcela concluiu reforma no Jaburu-- "aquelas cortinas eram horríveis"--, mudou-se para o Alvorada – "detestei a louça dos banheiros"-- que também reformou, e, agora, pretende retornar ao Jaburu – "estou com saudade daquelas cortinas".

4) Aloysio Ferreira Nunes deixou o Itamaraty depois de mandar a rainha da Inglaterra tomar no cu. Elizabeth II nem ouviu a saudação e continuou sorrindo enquanto o chanceler gritava mas a turma do cerimonial ouviu e bem. Nunes foi medicado e seu estado é estável. Por enquanto, pois está sedado. Cogita-se da nomeação de Olavo de Carvalho, que é amigo de Trump, ou do doleiro Alberto Youssef que é amigo de Moro.

5) Por falar em Moro, ele fechou três anos sem conseguir localizar Cláudia Cruz, mulher de Eduardo Cunha. Informações seguras da Receita Federal indicaram, porém, que Cláudia está chegando ao Brasil em transatlântico procedente de Miami transportando cinco contêineres de bolsas e sapatos. A chegada está prevista para os próximos dias no porto de Santos. Comunicado, Moro indagou: "Onde fica Santos?"

6) Novo presidente do STF, Alexandre de Moraes anunciou a cessão das dependências da corte para o Executivo. Será um anexo do Planalto."É só uma formalidade, a oficialização de algo que, na prática, já havia ocorrido", alegou. Na ocasião, Moraes adiantou que o STF adquiriu a chalana Champagne, do senador Wilder Morais, do PP. E passará a funcionar no Love Boat. "Tenho uma relação muito afetiva com o barco", argumentou. Do velho STF, só levará a estátua da justiça vendada que será afixada na proa. "Ficará lindo quando singrarmos o lago Paranoá fazendo o bem sem olhar a quem", suspirou.

7) Para a mudança, Moraes obteve os votos de Gilmar Mendes, Toffoli, Fux, Barroso e dos novos membros do STF nomeados por Temer: William Waack, Otávio Frias Filho e Tiririca. Desgostosas com a mudança, Carmen Lúcia e Rosa Weber abandonaram o STF flutuante. "Ficaríamos mareadas com o movimento do barco", esclareceu Rosa. Muito amigas, estão escrevendo a quatro mãos um livro de receitas de pizza que já ganhou o título de "Supremo Pizzaiolo". "Vocês precisam provar a minha de aliche", declarou Carmen.

8) Indicado pelo governo para representar o Brasil, o filme "Lava-Jato, a Vingança", financiado por Eike Batista e com Marcelo Serrado encarnando Moro, Marco Feliciano interpretando Dallagnol e Gilmar Mendes no papel de Deus, não conseguiu vaga no Oscar. Em compensação, é favorito para o prêmio Framboesa de Ouro. Ao saber da indicação para a Framboesa, Temer mandou hastear o pavilhão nacional no Jaburu e tocar o hino: "Finalmente, justiça: é o melhor filme que vi desde Independência ou Morte! Obrigado, Eike, Obrigado Marcelo Odebr... quero dizer obrigado Eike..."

9) Sob o argumento de que pensar é besteira e que a vocação econômica do Brasil é exportar commodities, Temer fechou o Ministério de Ciência e Tecnologia."Um desperdício de dinheiro público!", reagiu Temer aos muxoxos de descontentamento. E adiantou que, em seu lugar, implantará o Ministério de Ciências Ocultas. O MCO estudará bruxedos, cabalas, exorcismos, cartomância, mau olhado, milagres, enguiços, mandingas, pajelanças. Sua ministra já foi escolhida: Janaína Paschoal.

10) Inocentado por Moro, que aceitou a justificativa de que sua fortuna depositada na Suíça era apenas a soma das 274 vezes que acertou na Loteca, Eduardo Cunha está de volta à ribalta. É o presidente do novo Partido dos Evangélicos do Brasil, o PEB. O lema do partido é "Só o PEB é capaz de aumentar o PIB". Foi formado por dissidentes do PSDB, PMDB, PPS, PTB, PSB, PP e Rede. Agora, Cunha costura a chapa Bolsonaro-Dória para as eleições presidenciais. Que já ganhou a simpatia das famílias Marinho, Civita, Mesquita, Frias e Sirotsky.

11) Lasier Martins deixou o Senado. Chupava um pirulito quando assinou um papel que lhe deram no corredor. Era a renúncia. Correu atrás mas não houve mais tempo. Voltará a torturar o Rio Grande ao meio-dia.

12) Depois daquela vez no começo de 2017, Eliseu Padilha, o "Primo", está novamente internado em Porto Alegre. É sua quarta internação hospitalar. Já baixou por conta de queda de cabelos, ressecamento de pele e, agora, por unha encravada. Não tem previsão de alta.

Conheça a TV 247

Mais de Blog

Ao vivo na TV 247 Youtube 247