Fala de Bolsonaro de que receberá a bala agentes da lei é típica de bandidos e criminosos

www.brasil247.com -
(Foto: Reprodução | Pixabay)


A declaração do presidente Jair Capiroto Bolsonaro de que irá reagir a bala a um possível mandato de prisão é muito grave. É grave pelo que ela representa do ponto de vista de desobediência da lei e da ordem por parte do governante do Brasil. Num país minimamente sério, isso seria motivo para um impeachment imediato desse celerado que está na presidência da República.

Se alguém é condenado, a alternativa que tem é de recorrer da decisão judicial e não ameaçar, afirmando que vai receber os agentes da lei a bala. É o que Bolsonaro está fazendo. Isso é coisa de quadrilheiro, de bandido, de pistoleiro, que é o que ele representa nesse momento, na presidência da República.

Estamos diante de um desequilibrado. E é preciso que as autoridades ajam de imediato para livrar as pessoas de tipos como ele. Por se tratar do presidente, Bolsonaro deveria estar preocupado com os milhões de pessoas que estão passando fome, com os milhões que estão desempregados, com a violência que se estabelece nas periferias das cidades, com o feminicídio incentivado por ele e que, só em um ano, levou à morte de maneira violenta mais de 3 mil mulheres.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Agora, quando ele tem certeza que vai perder as eleições e que será preso por todos os crimes que cometeu ao lado dos filhos, o Capiroto dá esse tipo de declaração. A nação inteira tem que repudiar esse tipo de fala, porque ela incentiva os fora da lei, os traficantes e bandidos a reagirem a bala ao mandato dos policiais. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A gravidade dessa declaração é uma coisa tenebrosa. É preciso que é i mportante a nação inteira se solidarizar com os agentes da lei para que cumpram seu mandato e repudiem esse tipo de fala por parte de um criminoso que por acaso chegou à presidência da república.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Este artigo não representa a opinião do Brasil 247 e é de responsabilidade do colunista.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email