Faltou a Márcia, Tite

O sonho do Hexa foi adiado para 2022. A seleção brasileira parou na Bélgica e volta para casa mais cedo. A verdade, é que o futebol apresentado pelo time comandado por Tite,  não empolgou

Faltou a Márcia, Tite
Faltou a Márcia, Tite (Foto: Reuters/John Sibley)

O sonho do Hexa foi adiado para 2022. A seleção brasileira parou na Bélgica e volta para casa mais cedo. A verdade, é que o futebol apresentado pelo time comandado por Tite,  não empolgou. Desde o primeiro jogo encontramos dificuldades para vencer os nossos adversários. O empate contra a Suíça, na estréia, e o sufoco para fazer um gol na Costa Rica,  já dava o tom do que seria a copa para o escrete canarinho.

Neymar, visivelmente sentindo a falta de ritmo em alguns jogos, não foi o craque que sabemos que ele é. Tite, confiou no salvador errado. Jesus, o Gabriel, não ajudou muito e entrou para a história como o primeiro centroavante titular do Brasil, a não marcar gol em uma edição de copa do mundo. Casemiro fez falta. Um dos principais jogadores do Real Madrid, no esquema de Zidane, e também na Seleção de seu Adenor, estava suspenso. Foi substituído por Fernandinho, que teve uma atuação digna do 7x1 contra a Alemanha em 2014.

Coutinho fez a sua pior partida na copa e o time todo sentiu falta do seu principal articulador de jogadas. Algumas escolhas de Tite para o grupo,  foram questionáveis. Tyson, por exemplo, que foi convocado por ser versátil e poder mudar o esquema de jogo, não foi utilizado. Mesmo o time precisando fazer 3 gols na Bélgica no segundo tempo. Talvez Luan, do Grêmio e Lucas Paquetá, do Flamengo, pudessem ter sido mais úteis nesse quesito. A falta de um capitão fixo, que mandasse o Neymar parar de enfeitar o cabelo e que comandasse o time dentro de campo, também gerou críticas. Deu até saudades do Dunga nessa função.  

Mas, o grande erro de Tite, foi não ter levado a Márcia. O Prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, que não é bobo nem nada, tratou de convocar a craque para o seu governo. Deu a ela a camisa 10, a faixa de capitão e a missão de resolver os problemas dos seus "parças", dentro e fora de campo, digo, da igreja. Em um treino secreto, para 250 pastores e líderes religiosos, realizado na quarta-feira passada, dia 04, o prefeito disse a pastores e fiéis, que eles podiam levar qualquer reivindicação e, em troca, a prefeitura falaria sobre o que teria a oferecer para os convidados.

Áudios que estão rolando na internet, mostram Crivella montando  seu  esquema tático e ensinando ao seu grupo, como deve fazer. "Nós estamos fazendo o mutirão da catarata. Contratei 15 mil cirurgias até o final do ano. Então, se os irmãos tiverem alguém na igreja com problema de catarata, se os irmãos conhecerem alguém, por favor falem com a Márcia. É só conversar com a Márcia que ela vai anotar, vai encaminhar, e daqui uma semana ou duas eles estão operando", afirmou o prefeito. As outras 15 mil pessoas que estão na fila, há 2 anos, esperando pela mesma cirurgia, devem estar se lamentando por não conhecerem a Márcia ou por não frequentarem a mesma igreja de Crivella.

Crivella seguiu anunciando o seu evangelho particular, aos seus "parças", anunciando outros privilégios oferecidos apenas aos seus escolhidos. "A outra, são varizes. A maioria são mulheres que estouram uma variz na perna e abre uma ferida que não fecha. E a senhora apenas troca o curativo. Hoje existe uma maneira, injeta na veia dela uma espuma medicinal e fecha a ferida, uma bênção. Também, por favor, falem com a Márcia. E tem a vasectomia para os homens, estamos zerando a fila", acrescentou Crivella. Colocando, mais uma vez, nos ombros da craque do seu time, a responsabilidade de resolver.               

A Márcia, a qual o prefeito se refere, é a sua assistente de governo, que, segundo ele, conhece todos os diretores de hospitais do estado e está ali para "adiantar" o lado dos evangélicos. "É muito importante os irmãos ficarem com o telefone da Márcia ou do Marquinhos, porque, às vezes, ocorre um imprevisto. Se houver caso de emergência, liga. Liga para a Márcia e ela liga para mim, para o Marquinhos… É importante você ter um canal para poder socorrer num momento de emergência.” Ah, se o Tite tivesse a Márcia no banco de reservas!

O vazamento da reunião, que, a princípio, deveria ter sido confidencial, pode causar sérios problemas a Crivella. O M.P está de olho no lance e o seu Impeachment já foi cogitado. Se tudo indica que Tite seguirá por mais 4 anos, no comando da seleção, o mandato de Crivella corre sérios riscos. Sua falta de "fair play" com a população do Rio de Janeiro, prova que o seu slogan de campanha, era uma farsa. O seu "Vamos cuidar das pessoas", não inclui qualquer pessoa. Apenas os seus irmãos de fé.

Crivella é um ator. Diante das câmeras, ele promete o céu, chora, reclama de perseguição por ser evangélico e acusa os "antis" de tentar sabotar o seu sucesso. Me lembra até um certo jogador da seleção, que é craque, mas, adora fazer uma cena. Aliás, se eu fosse o Tite, levaria a Márcia para o Catar. Está provado que, quando o jogo complica, ela vai lá e resolve. Coisa que Tyson, Fred, Fernandinho, William, Gabriel Jesus e Paulinho, não conseguiram fazer.

Hazard do Brasil! Sorte de quem tem a Márcia.

 

Conheça a TV 247

Mais de Blog

São Paulo - Movimento no comércio da rua 25 de Março no mês do Natal.
blog

Conceito de sociedade

Eu ouvi ontem: “O Brasil está crescendo”. Era um evento qualquer…Poderia até estar, mas com sanções terríveis na nossa previdência, na desigualdade de oportunidades, pois todos os programas sociais...

Ao vivo na TV 247 Youtube 247