Fora Bolsonaro!

"Está na hora de dar um choque no país, de sair de letargia, de deixar de nos sentirmos impotentes. Está na hora do Fora Bolsonaro!", defende o sociólogo Emir Sader defende a saída de Jair Bolsonaro da Presidência. "Precisamos recuperar nossa capacidade de reagir, de retomar a iniciativa"

O Brasil está  atônito, vê um governo que nao o representa dizer e fazer o que bem entende, com interesses escusos e de clã, para governar um país desconcertado. Com a economia parada, com vários milhões de desempregados, com milhares de famílias morando nas ruas, com policias matando sem controle, de forma impune, o país está atordoado, se sente impotente para recupera o poder de decisão sobre os destinos do Brasil.

Quem foi guindado à presidencia do país de forma ilegal, ofende todos os dias as mulheres, os jovens, os negros, os trabalhadores, os professores, os LGBT, o povo e a democracia. Degrada cada vez mais a imagem do  Brasil no mundo, nos faz sentir descontentes, infelizes, ofendidos e humilhados.

Está na hora de dar um choque no país, de sair de letargia, de deixar de nos sentirmos impotentes. Está na hora do FORA BLSONARO! Do #ELENÃO de novo. Precisamos recuperar nossa capacidade de reagir, de responder, de retomar a iniciativa, de acreditar e de fazer acreditar de que outro Brasil é possível, necessário, indispensável.

Ah, mas o Fora Temer nao deu certo? Nao derrubamos o Temer, mas contribuímos decisivamente para seu desprestigio, para que seu candidato tivesse 2% de votos, para que o diplomata chinês o chamasse de Fora Temer. Para que aquele governo saísse derrotado, enxotado. Para que ele mesmo agora conesse que foi golpe.

Ah, mas vai naturalizar o impeachent, se for a via de derruba-lo. Muito zelo pela democracia liberal. Nao estava naturalizado, mas a direita derrubou a Dilma. De qualquer forma, a esquerda tem que ter maioria no Congresso, com seus aliados, se quiser voltar a governar o Grasil.

Toda forma de FORA BOLSONARO é boa, a comecar por dize-lo, grita-lo, escreve-lo. Nos dizer não apenas que queremos o FORA BOLSONARO, que cada vez mais gente, mas que é possível um Brasil sem Bolsonaro, que o Brasil é maior e muito melhor do que ele.

As derrotas que sofremos são um duro golpe politico e moral. Pelo que perdemos do que haviamos conquistado para o Brasil, pelos retrocessos que sofrem a democracia, o povo, a imagem do Brasil no mundo. Golpes contra o patrimonio publico privatizado, os direitos dos trabalhadores vilipendiados, as politicas sociais e o avassalamento dos direitos de todos.

A esquersa precisa voltar a protagonizar a oposição ao governo, nao deixando que as contradições internas ao governo ocupem o cerntro da cena politica. Precisa aparecer como a alternativa. Seu programa econômico representou o maior impulso para a economia do país. Seus programs sociais representaram o maior projeto de integracaso social que o país já conheceu. O resgate do papel ativo do Estado representou o momento de maior estabilidade politica do país. A politica externa soberana que o Brasil teve nos governos do PT foi o período de maior prestigio do pais no mundo.

A esquerda precisa reatualizar esse programa, amplia-lo, para incorportar a novos setores na lita politica, especialmente mulheres jovens, negros, para voltar a se tornar a forca alternativa à destruição do país, dos direitos de todos, da economia, do patrimonio publico, da imagem do Brasil  no mundo.

O FORA BOLSONARO junto com o #ELENÃO podem ser os catalizadores da projeção da luta politica contra esse governo a um outro nível, que combine luta de massas, trabalho militante de consciência popular, impugnação das iniciativas do governo, reconquista da capacidade de luta do campo popular.

Conheça a TV 247

Mais de Blog

Ao vivo na TV 247 Youtube 247