Governo da vergonha e novo ataque às aposentadorias

Na capa do jornal O Globo desta terça-feira, o destaque é a quebra do sigilo bancário de Michel Temer solicitado pelo Ministro Barroso do STF. É a primeira vez que um presidente passa legalmente por tal constrangimento no exercício do Mandato

São Paulo - Presidente Michel Temer participa da abertura da 18ª Conferência Anual Santander (Beto Barata/PR)
São Paulo - Presidente Michel Temer participa da abertura da 18ª Conferência Anual Santander (Beto Barata/PR) (Foto: Luiz Henrique Dias)

Na capa do jornal O Globo desta terça-feira, o destaque é a quebra do sigilo bancário de Michel Temer solicitado pelo Ministro Barroso do STF.

É a primeira vez que um presidente passa legalmente por tal constrangimento no exercício do Mandato.

Dilma teve conversas telefônicas gravadas e divulgadas por Sérgio Moro mas, nesse caso, o juiz agiu sem respaldo da Constituição, apesar de nunca ter sido punido.

Na capa do O Estado de São Paulo, a manchete diz que brasileiro está se aposentando antes - mais cedo - devido a "mecanismos" facilitadores a critica o acesso ao benefício, deixando a entender que a população brasileira não gosta de trabalhar.

No entanto, é preciso levar em consideração a tentativa do governo de mudar as regras da Previdência fez muitas pessoas correrem para tirar o benefício por tempo de serviço, mas irão seguir trabalhando ao longo de décadas.

Ainda, a população brasileira começa - em média - a trabalhar muito cedo, por isso muitos completam antes o tempo.

Ao vivo na TV 247 Youtube 247