Haddad precisa virar 7 milhões de votos

"Considerando a mesma abstenção do primeiro turno (nulos, brancos e faltosos) haverá 107 milhões de votos válidos. As pesquisas mais conservadoras de ontem mostraram 54% para Bolsonaro e 46% Haddad. São 57 milhões de votos para Bolsonaro e 50 milhões para Haddad. Por essas contas, Haddad precisa virar 7 milhões de votos para vencer", analisa Alex Solnik

Haddad precisa virar 7 milhões de votos
Haddad precisa virar 7 milhões de votos (Foto: Ricardo Stuckert)

O desempenho de Fernando Haddad no segundo turno foi excelente. Muito superior ao de Jair Bolsonaro. Ele saiu de 30% de votos válidos nas urnas a 7 de outubro para 46% nas pesquisas mais conservadoras de hoje. Somou 16 pontos. O adversário saiu de 46% para 54%, cresceu 8 pontos. A diferença de 16 pontos no primeiro turno caiu para 8.

Ou seja, os eleitores dos candidatos que não foram ao segundo turno, que somavam 24% dos votos escolheram majoritariamente o candidato do PT, entregando-lhe 16 pontos percentuais. E apenas 8 para Bolsonaro. Haddad venceu o segundo turno por 16 a 8.

Considerando a mesma abstenção do primeiro turno (nulos, brancos e faltosos) haverá 107 milhões de votos válidos. As pesquisas mais conservadoras de ontem mostraram 54% para Bolsonaro e 46% Haddad.

São 57 milhões de votos para Bolsonaro e 50 milhões para Haddad.

Por essas contas, Haddad precisa virar 7 milhões de votos hoje para vencer.

Conheça a TV 247

Mais de Blog

Ao vivo na TV 247 Youtube 247