Teoria e Prática

A poetisa Cristine Nobre Leite denuncia a lambança das Forças Armadas, envolvidas em mais um escândalo



Cipó de Aroeira

Teoria e Prática

Por Cristine Nobre Leite

Vejo que a corrupção
É pauta desse governo
Nas folhas do meu caderno
Vai chovendo anotação
É quilo somando em grão
Todo dia, toda hora
Olhos piscam sem demora
Abrindo em nova notícia
É milícia com malícia,
Milico que despudora

As lindas Forças Armadas
Andam numa maré magra
Precisando de Viagra
Pra saírem das brochadas
São coisas tão engraçadas
Que nos custa acreditar
Se o leite não condensar?
E o Viagra der pra traz?
Canhão:" Para sempre jaz!"
Nada aqui vai levantar

Não dá nem pra atirar
Sem a tal Sildenafila
Agora aumentou a fila
Muitos querem se alistar
O azul vai imperar
Do chão do quartel à telha
Bandeira? Nunca vermelha!
Meio mastro é gozação
No seio dessa Nação
Há casarão pra abelha

Em todo canto há ferrão
Pra injetar toxinas
Milhares de cloroquinas
Foram pra fabricação
Não sei bem qual a razão
Que esse povo aqui só zomba
Viagra cai feito bomba
Capaz de grande explosão
E não bate num Mourão  
E nenhum "daqueles" tomba

Na teoria protegem
Em prática, abusivos
Esnobam com distintivos
À luz de um Poder emergem
Com teoria se elegem
Em lema de honestidade
Na prática há só maldade
E um fracasso viril
Deixando o belo Brasil
No vício, na iniquidade

Este artigo não representa a opinião do Brasil 247 e é de responsabilidade do colunista.

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247