Velhos problemas, novas vacinas

Oxford, SinoVac, Astra Zeneca, Moderna são nomes que passaram a fazer parte do nosso cotidiano. Elas são as estrelas no combate ao Covid-19. Mas, e se a Ciência aproveitasse a forte onda de pesquisas, e desenvolvesse novas vacinas contra males não menos letais?

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Oxford, SinoVac, Astra Zeneca, Moderna são nomes que passaram a fazer parte do nosso cotidiano. Elas são as estrelas no combate ao Covid-19. Mas, e se a Ciência aproveitasse a forte onda de pesquisas, e desenvolvesse novas vacinas contra males não menos letais? 

CORONHAVAC 38 

Elaborada com cepas de Magnum e Colt provoca uma alteração no cérebro que, alguns dias depois, refreia o desejo de apertar gatilhos, colecionar armas de fogo e frequentar clubes de tiro. São necessárias duas doses, a segunda 15 dias após a primeira. A CoronhaVac 38 só funciona se aplicada com um revólver de vacinação usado em gado. Deve ser injetada no meio da testa, de um disparo só. Não há reações importantes relatadas, apenas a possibilidade de gangrena. 

STUPIDNIK 

Fornece imunidade ativa para aqueles cretinos que não acreditam em vacina. Contém o agente QI 180, um microrganismo causador de inteligência. O QI 180 estimula o corpo a reconhecê-lo como um amigo e o imunizado deixa finalmente de se portar feito um troglodita imbecil, passando a viver de forma aceitável em sociedade. Uma variante da Stupidnik vem sendo estudada em laboratórios russos e poderá curar dementes que creem na Terra Plana em questão de semanas. 

TIOCRUZ

Protege, com 99% de eficiência, contra o tiozão do pavê. Uma vez aplicada no indivíduo, leva-o a se portar de um modo totalmente diferente. Em questão de minutos, o tiozão do pavê não conta mais piadas racistas, não defende governos fascistas e não ri sozinho das próprias animalidades que diz em público. A Tiocruz é produzida com microscópicos pedaços de biscoito champanhe e leite condensado. Ao entrarem em contato com uma mente estúpida, provocam um “reset” completo nos neurônios danificados pela deseducação.

ANTIPAZUZU 

Imunização muito específica e ainda em estágio experimental: transforma ministros da Saúde trapalhões em Oswaldo Cruz. Quando os princípios da Antipazuzu entram na corrente sanguínea do gestor federal de saúde incompetente, tudo muda. Ele trabalhará, não apenas de forma irrepreensível, como até pode concorrer ao Nobel de Medicina. Os testes estão sendo efetivados em altos setores do ministério da Saúde brasileiro. Recentemente, um secretário, após a inoculação de Antipazuzu, parou de aceitar suborno e inventou uma injeção de Benzetacil que não deixa as nádegas ardendo. 

FORAVAC 

Toda vacina é uma preparação biológica que fornece imunidade contra uma doença particular. A ForaVac não é diferente. Seu agente principal estimula o sistema imunológico do corpo a reconhecer um bolsominion como ameaça e tirá-lo de circulação. No Brasil prepara-se uma campanha gigantesca com o objetivo de aplicar ForaVac em quase a metade de população. Cantores sertanejos, o núcleo duro do governo e o Veio da Havan terão prioridade na fila.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email