AGU pede prisão de Anderson Torres, ex-secretário de Segurança do DF que facilitou a ação de terroristas bolsonaristas

Ex-ministro da Justiça de Jair Bolsonaro permitiu a destruição da Praça dos Três Poderes por terroristas bolsonaristas

Anderson Torres
Anderson Torres (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)


✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - A Advocacia-Geral da União (AGU) do governo Lula pediu neste domingo (8) a prisão do ex-ministro da Justiça de Jair Bolsonaro e antigo secretário de Segurança do DF, Anderson Torres, diante do terrorismo golpista de bolsonaristas em Brasília. Torres está em Orlando, na Flórida, Estados Unidos. 

A AGU pede ainda a imediata desocupação de todos os prédios públicos federais em todo o país e a dissolução dos atos nas imediações de quartéis e outras unidades militares. Todas as forças de segurança publica do DF e dos estados devem ser empregadas, defende a AGU. 

continua após o anúncio

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

continua após o anúncio

Ao vivo na TV 247

Cortes 247