CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Brasil

Alinhado com Veja e Reinaldo, Fux quer perdão a Jefferson

Ministro do STF que condenou 12 réus do "núcleo político" da Ação Penal 470 defende que o tribunal debata a redução de pena ou o perdão judicial do réu do PTB e delator do chamado  "mensalão", Roberto Jefferson; assim como a revista Veja, numa reportagem em sua última edição, e o colunista Reinaldo Azevedo, que postou em seu blog: "Todos os que participamos dos debates na VEJA.com defendemos essa mesma opinião"

Alinhado com Veja e Reinaldo, Fux quer perdão a Jefferson (Foto: Edição 247)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 – Alinhado com a revista Veja, que em sua última edição publicou uma reportagem sugerindo a possibilidade de o delator do "mensalão", Roberto Jefferson (PTB), ser perdoado, o ministro Luiz Fux defende um debate sobre o assunto no Supremo Tribunal Federal. No voto que proferiu nesta quinta-feira 27, Fux sugeriu que se discutisse a redução de pena ou de perdão judicial do réu, visto que ele teria sido peça fundamental para a elucidação do suposto esquema julgado pelo Supremo.

O blogueiro e colunista de Veja, Reinaldo Azevedo, também é defensor da ideia. "Todos os que participamos dos debates na VEJA.com defendemos essa mesma opinião", postou Reinaldo em seu blog, com referência ao voto de Fux. Reinaldo também classificou como "brilhante" o voto do ministro do STF, que condenou 12 réus do chamado "núcleo político" da Ação Penal 470.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Em sua reportagem, a revista Veja se ampara em dois argumentos. Um de natureza jurídica, outro humanitário. O primeiro diz respeito ao fato de Jefferson ter sido o delator do esquema. "A lei permite [o perdão] e é um caso que pode, inclusive, ter efeito pedagógico", diz um ministro do Supremo Tribunal Federal, supostamente ouvido em off pela revista.

O segundo argumento diz respeito ao câncer do qual o político ainda se recupera. "Tirei quatro quintos do estômago, 1.5 metro de intestino delgado, um quarto do fígado e metade do pâncreas. Tomei 500 pontos. Preciso comer, mas, se como um pouco mais, meu estômago grita. Tenho cólicas", disse Jefferson a Veja.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO