Bolsonaristas voltam às ruas para pedir ditadura, AI-5 e fim da quarentena (vídeo)

Bolsonaristas foram às ruas neste domingo (19) não apenas pedir o fim do isolamento social, contrariando a OMS, mas também com o objetivo de protestar em favor do AI-5. "Os corruptos, ladrões, estão assaltando a nação", diz um rapaz em Fortaleza (CE). "Queremos o AI-5"

www.brasil247.com - O bolsonarismo continua fazendo apologia a práticas ditatoriais
O bolsonarismo continua fazendo apologia a práticas ditatoriais (Foto: Reprodução (Twitter))


247 - Bolsonaristas foram às ruas neste domingo (19) não apenas pedir o fim do isolamento social, contrariando a Organização Mundial da Saúde (OMS), mas também com o objetivo de protestar em favor do AI-5, que, em 1968, resultou no fechamento do Congresso, na intervenção em estados e em municípios, cassações de mandatos e em mais tortura e censura.

"Os corruptos, ladrões, estão assaltando a nação, as pessoas estão morrendo de fome, ficando desempregadas. Queremos o AI-5 e Bolsonaro no poder", afirma um rapaz em Fortaleza (CE).

Conhecido por posições extremistas, o próprio Jair Bolsonaro já fez apologia à Ditadura Militar (1964-1985) e classificou como "herói nacional" o ex-chefe do DOI-CODI coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-RJ) também defendeu o AI-5, em outubro do ano passado, argumentado que a esquerda poderia radicalizar na oposição ao governo do seu pai. "Tudo é culpa do Bolsonaro. Se a esquerda radicalizar neste ponto, a gente vai ter que dar uma resposta. Uma resposta que pode ser um novo AI-5. Alguma resposta será dada ", disparou ele. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email