"Bolsonaro partiu para o tudo ou nada e decidiu trucar o STF", diz Tony Garcia

Empresário afirma que o tom do ato na Paulista será fortemente crítico em relação ao ministro Alexandre de Moraes, mas sem perder a compostura

Bolsonaro convoca ato na Paulista
Bolsonaro convoca ato na Paulista (Foto: Reprodução X)


✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 – O empresário Tony Garcia, que denunciou os crimes do ex-juiz suspeito Sergio Moro na Lava Jato, explicou a estratégia de Jair Bolsonaro, ao convocar um ato na Avenida Paulista, no próximo dia 25. "Parece que Bolsonaro decidiu partir para o tudo ou nada. Pessoas próximas a ele afirmam que o palanque que ele pretende montar será de grande proporção. Estarão presentes pelo menos 20 senadores, 100 deputados e alguns convidados especiais, como a ex-deputada Janaína Paschoal, Sergio Moro, Deltan Dallagnol e outros menos votados. Sua esposa, Michelle Bolsonaro, terá um papel de destaque nesse palanque, retratada como a esposa que abdicou de suas atividades para apoiar o marido 'perseguido'", afirma.

"Este é o esboço do plano até agora, mas é tudo muito incipiente. No entanto, os organizadores afirmam que, se a manifestação na Avenida Paulista for bem-sucedida, o tom será fortemente crítico em relação ao ministro Alexandre de Moraes, mas sem perder a compostura. Essa manifestação foi convocada após Jair Bolsonaro receber pesquisas que indicam uma percepção de perseguição por parte da população contra ele", acrescenta.

continua após o anúncio

"Ele irá se apresentar na Avenida Paulista como vítima dessa 'perseguição implacável' por parte do governo de Lula e do ministro Alexandre. Seguindo essa linha, o país continuará em conflito e o ódio continuará a dividir a sociedade, prejudicando irreversivelmente as futuras gerações", finaliza.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

continua após o anúncio

Ao vivo na TV 247

Cortes 247