CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Brasil

Celso Amorim reage à pressão internacional e diz que decisão do Brasil sobre navios de guerra iranianos é soberana

“É uma decisão soberana nossa, do Brasil”, disse o conselheiro especial de relações exteriores do presidente Lula sobre a atracação das embarcações na costa brasileira

Celso Amorim e navio iraniano (Foto: Felipe L. Gonçalves/Brasil247 | IRIN)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - O conselheiro especial de relações exteriores do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o ex-chanceler Celso Amorim, afirmou que o governo brasileiro reagiu “com tranquilidade” às pressões feitas pelos Estados Unidos e Israel contra a atracação de navios de guerra iranianos na costa brasileira. “É uma decisão soberana nossa, do Brasil”, disse Amorim ao jornal O Estado de S. Paulo. A autorização de atracação dos navios iranianos foi dada pela Marinha e é válida até sábado (4). 

Ainda segundo Amorim, a decisão do governo brasileiro “é consistente com o direito marítimo internacional e com a boa prática diplomática”. A reação de Amorim vem na esteira da pressão exercida pelos Estados Unidos e Israel sobre o caso. 

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

>>> EUA dizem que Brasil "erra" ao abrigar navios do Irã

Um porta-voz do Departamento de Estado estadunidense disse ao Estado de S. Paulo que a decisão brasileira foi "errada" e também passa uma mensagem "errada" para o mundo. "Nós não discutiremos conversas diplomáticas, exceto para dizer que deixamos claro para países relevantes que esses navios não devem atracar em nenhum lugar”. 

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

O ministérios das Relações Exteriores de Israel qualificou a atracação dos navios de guerra iranianos como “perigosa” e “lamentável” e afirmou que “nunca é tarde demais para ordenar que os navios deixem o porto”.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247,apoie por Pix,inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Carregando os comentários...
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO