Condenado como juiz parcial, Moro se filia ao Podemos como candidato lavajatista e de direita

Sergio Moro pretende ressuscitar as teses do lavajatismo e entrar na corrida presidencial como o candidato da direita

Sergio Moro
Sergio Moro (Foto: REUTERS/Ueslei Marcelino)


✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - Com o ato de filiação do Podemos nesta quarta-feira (10), o ex-juiz Sergio Moro, pretende abrir caminho a sua candidatura à presidência da República.

A filiação de Moro ao Podemos, marcada em um dos principais centros de convenções de Brasília, é organizada com a pretensão de ser um ato político amplo, com a presença de nomes de outros partidos, apoiadores e militantes lava-jatistas.

continua após o anúncio

Um dos que confirmaram presença é o general e ex-ministro Carlos Alberto dos Santos Cruz 

Sergio Moro pretende se credenciar como o candidato que vai ressuscitar as teses da Operação Lava Jato, com a qual um conjunto de forças golpistas afastou as forças progressistas do governo em 2026 e destruiu a economia nacional. 

continua após o anúncio

Ao mesmo tempo em que está elaborando seu programa com as ideias do lavajatismo, Moro busca as alianças para aglutinar forças políticas em torno de sua candidatura. 

Reportagem da Folha de S.Paulo aponta que movimentos que apoiaram a Operação Lava Jato e políticos de centro-direita e direita que tentam articular a chamada terceira via para as eleições de 2022 foram convidados para o ato de filiação de Moro ao Podemos nesta quarta-feira (10) em Brasília.  ​

continua após o anúncio

Sergio Moro foi condenado neste ano pelo STF (Supremo Tribunal Federal) como parcial e suspeito nos processos em que atuou como juiz federal contra Lula. .

Moro negociou sua ação golpista à frente da Operação Lava Jato e ganhou o cargo de ministro da Justiça no início do governo Bolsonaro. 

continua após o anúncio

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

continua após o anúncio

Ao vivo na TV 247

Cortes 247