Dilma lamenta morte de Pinguelli Rosa: "visionário defensor da ciência e do Brasil"

O físico, mestre em engenharia nuclear e professor Luiz Pinguelli Rosa foi presidente da Eletrobras no primeiro governo do ex-presidente Lula

www.brasil247.com - Dilma Rousseff e Luiz Pinguelli Rosa
Dilma Rousseff e Luiz Pinguelli Rosa (Foto: Ederson Casartelli/Brasil 247 | Pedro França/Agência Senado)


247 - A ex-presidente Dilma Rousseff (PT) lamentou pelo Twitter nesta quinta-feira (3) a morte do físicio, mestre em engenharia nuclear e professor Luiz Pinguelli Rosa, que foi presidente da Eletrobras no primeiro governo do ex-presidente Lula (PT).

Ela classificou Pinguelli como "um homem à frente do seu tempo" e disse que se trata de um dia "triste para todos os brasileiros". "O Brasil perde um dos seus mais renomados cientistas e especialistas em energia. O professor Luiz Pinguelli Rosa, ex-diretor da Coppe e ex-presidente da Eletrobras, morreu nesta quinta-feira. É um dia triste para todos os brasileiros. Pinguelli foi um homem à frente do seu tempo, um visionário defensor da ciência e do país. Ele foi um nacionalista que colocou o Brasil e os interesses do povo no centro de todo o seu trabalho intelectual e científico. Eu lamento muito a sua perda. Deixo aos seus familiares e amigos o meu profundo respeito e transmito a eles e ao país minha solidariedade e o sentimento de tristeza".

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247