Empresa do agro de São Paulo seria responsável pela distribuição de dinheiro para caravana pró-bolsonaro

De acordo com a empresa de ônibus, a locação foi feita pela empresa Máquinas Agrícolas Jacto S.A. tem sua fábrica na cidade de Pompeia, e é comandada hoje por Ricardo Nishimura, sobrenome que é também mencionado no vídeo

(Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - A empresa Máquinas Agrícolas Jacto S.A., que tem sua fábrica na cidade de Pompéia, no interior do estado de São Paulo, seria a responsável pelos pagamentos de bolsonaristas que foram em caravana até Brasília para manifestar 'apoio' a Jair Bolsonaro.

Vídeo que circula nas redes sociais mostra bolsonaristas dentro de um ônibus e as pessoas teriam sido pagas a estar na manifestação. O pagamento é feito em dinheiro vivo, pelos organizadores da caravana. "Olha isso, cara, eu achei que era brincadeira meu. Uma camiseta pra cada um, mais o ônibus, mais cem reais para cada um", diz uma voz. "Grupo Jacto, que deus o abençoe."

De acordo com reportagem do Congresso em Foco, a empresa dona dos ônibus, a Santo Antônio Turismo, informou que houve a contratação de seis ônibus da frota para atender o transporte de cerca de 250 pessoas. O gerente ouvido pela reportagem disse que a Jacto foi a contratante do serviço.

PUBLICIDADE

A empresa Máquinas Agrícolas Jacto S.A. tem sua fábrica na cidade de Pompeia, e é comandada hoje por Ricardo Nishimura, sobrenome que é também mencionado no vídeo.

Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e saiba mais:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email