Parada LGBT volta às ruas neste domingo em SP com o tema 'vote com orgulho'

Integrantes do movimento Orgulho Trans dizem não receber o mesmo nível de atenção que a de homens gays ou mulheres lésbicas

(Foto: Reuters)


✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - A 5ª edição da Marcha do Orgulho Trans acontecerá no Largo do Arouche a partir das 10h da próxima sexta-feira (17), dois dias antes da Parada do Orgulho LGBT de São Paulo. Uma das reivindicações da população transgênera é não ter espaço entre as outras letras da sigla. Integrantes do movimento também dizem não receber o mesmo nível de atenção que a de homens gays ou mulheres lésbicas.

Idealizador e produtor executivo da Marcha do Orgulho Trans de São Paulo, Pri Bertucci disse que "há muito tempo a gente reivindica espaço, mas não existe". Os relatos foram publicados no jornal O Estado de S.Paulo

continua após o anúncio

O produtor reforçou também que "a marcha é apartidária". "Não vamos levantar bandeira de partido político, mas estamos fazendo política", disse.

O idealizado alertou para a necessidade de acabar com "briga interna" na comunidade. "Quem ganha com isso é só o próprio sistema de opressão. Precisamos chegar a um lugar único e encontrar o que temos de denominador comum".

continua após o anúncio

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

continua após o anúncio

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

continua após o anúncio

Ao vivo na TV 247

Cortes 247